Grupo Ritmo Jovem usa dança para resgatar jovens dos vícios

Grupo Ritmo Jovem usa dança para resgatar jovens dos vícios

Atualizado: Segunda-feira, 11 Abril de 2011 as 10:10

Os benefícios da dança para o corpo são muitos: perda de peso, flexibilidade, disposição, aprimoramento da coordenação motora, entre outros. Mas a prática vai além do bem estar físico, ela também proporciona um aumento da auto-estima, alegria e elimina a timidez. Muitos a usam como forma de expressar a arte, os sentimentos, o culto ou somente como diversão.

Há 2 anos, a dança tem sido usada por jovens da IURD como um meio de resgatar jovens que se encontram sem motivação, viciados ou enfrentando problemas familiares. O Grupo Ritmo Jovem, formado por colaboradores do projeto Força Jovem Brasil da cidade de Vitória (ES), tem performances inspiradas nos estilos break, jump, dance, hip hop, samba, rock, salsa, bolero, forró, street dance e dança de salão. Apesar do pouco tempo na ativa, a equipe já se apresentou para mais de 70 mil pessoas em eventos públicos de cidades vizinhas a Vitória.

Para o responsável e idealizador do projeto no estado, pastor Fábio Freitas, essa variedade musical tem o objetivo de resgatar e reinserir os jovens por meio da dança. “Decidimos iniciar esse trabalho para atrair aqueles que vivem dominados pelas drogas, com problemas familiares e até na criminalidade, e mostrar que pela fé em Deus a mudança de comportamento é possível”, disse.

Formado em dança há 10 anos, Roberto Pires é um dos professores do projeto e também obreiro da Igreja. Ele se diz surpreso com o resultado, pois começou dando aula para quatro jovens e hoje conta com aproximadamente 40 pessoas que participam semanalmente dos ensaios. “Muitos alunos chegam tímidos, estressados e em alguns casos sob efeito de drogas ou álcool, mas com a permanência nas aulas, acabam deixando de lado a vergonha e em pouco tempo aprendem a dançar”, diz. Para Pires, esse trabalho é gratificante e diferente dos outros que realizou, pois ao final dos ensaios muitos jovens recorrem aos seus conselhos de obreiro: “É maravilhoso saber que por meio dos ensinamentos e orientações dados por mim, jovens que antes estavam sem expectativa de um futuro promissor hoje têm encontrado em Deus a força para enfrentar os problemas e vencê-los.”

Um dos jovens que tiveram a história de vida mudada após o projeto é o porteiro Igor Medeiros, de 29 anos. Usuário de drogas e também traficante, se cansou de ser desprezado pela família por causa da vida conturbada que vivia e decidiu aceitar o convite feito por uma participante do grupo. “Eu não tinha mais credibilidade dentro de casa, com os meus pais e irmãs. Era muito humilhado. Ao ouvir falar do grupo, percebi que lá poderia me envolver mais com as pessoas e, por meio das orações, me libertar dos vícios”, conta. Há 8 meses participando do grupo de dança, Medeiros não faz mais uso de drogas e não se sente desprezado por seus pais. “Na minha família, hoje, tudo mudou. Resgatei a confiança de meus pais e tenho um lar repleto de harmonia”, finaliza.

Para conhecer mais sobre o projeto de dança Ritmo Jovem e se inscrever em suas oficinas e cursos ligue para (027) 3134 9440.  

veja também