"Há uma unção específica", diz Joel Engel sobre trabalho com viciados

"Há uma unção específica", diz Joel Engel sobre trabalho com viciados

Atualizado: Sexta-feira, 16 Dezembro de 2011 as 10:46

Experiente no trabalho de recuperar viciados em drogas, o pastor Joel Engel participou do almoço com o governador Tarso Genro e do Gabinete Digital, projeto do governo do RS, ambos nessa semana.

Na oportunidade do encontro com Tarso Genro, Engel deu-lhe uma Bíblia, um DVD com a história da Operação Resgate - projeto com viciados, e apresentou-lhe alguns jovens alcançados pelo trabalho.

Em entrevista ao Portal GUIAME, Joel Engel deu detalhes sobre o trabalho com viciados e enfatizou a necessidade de Cristo na ação. Confira a entrevista na íntegra.

GUIAME: Como o senhor está vendo hoje esse encontro aqui no Rio Grande do Sul?

Joel Engel: Estou muito realizado e muito feliz com o resultado. Agradeço a esse meio de comunicação e canal de Deus, que é o Guia-me, porque quando eu falei com o governador sobre o nosso projeto, ele disse ‘eu já estou a par de tudo’. Eu fiquei impressionado e o governador estará acompanhando a nossa proposta. Ele nos deu uma resposta afirmativa, 100%, quando eu disse pra ele que o acompanhava e sabia que esteve em uma reunião no Rio de Janeiro, o Viva Rio, onde concluíram que todos os projetos do governo vão à falência quando se trata da recuperação de viciados. Nesse mesmo dia, a presidenta Dilma lançou uma campanha a nível nacional contra as drogas.

Nosso governador já tinha uma ideia de que isso não funciona e eu disse para ele que não funciona porque falta Jesus, falta o poder espiritual, falta um ingrediente que só a Igreja tem, o amor. Quando abraçamos um jovem desse e levamos pra nossa igreja, nós o adotamos como filho e isso a clínica não pode fazer. Entramos com a pregação do Espírito Santo para atingir onde está o trauma. Deus vai direcionar o pastor a cuidar do menino que teve um trauma com o pai e vai ser uma substituição do pai dele, muda a história.

Nós demos ao governador uma Bíblia, um projeto e apresentamos os meninos que venceram as drogas e ele disse 'é isso que nós queremos'. Então está aí a nossa proposta para o próximo ano, que entra nas propostas do Gabinete Digital que vai ter prioridade em 2012. Vamos salvar os piás do Rio Grande do Sul e também os jovens de todo o Brasil com o governo apoiando a Igreja.

GUIAME: O pastor Joel Engel tenta passar para o governo do RS e também para o Governo Federal a sua experiência com trabalhos em recuperação de viciados. Um projeto que é feito há anos e que já é amadurecido porque já deu frutos e foi justamente o que ele apresentou ao governador, o projeto e os frutos. Como o Senhor pretende dar continuidade a esse projeto? As pessoas que foram alcançadas também desenvolvem o projeto?

Joel Engel: Todo ‘filho’ que levamos para a nossa casa ou para a Igreja nós amamos de todo o coração. Depois que ele está liberto, nós falamos ‘agora, faça isso por outro’ e é interessante que cada pessoa que recebe Jesus e muda de vida, acaba amando o perdido e se dedica a ele. E o detalhe, se o projeto é financiado pelo governo, essa pessoa pode receber um trabalho para fazer isso.

GUIAME: Eu conheço alguns projetos como o do Vale da Bênção, que são os pais e mães sociais, então aqui seria como as mães e pais de viciados.

Joel Engel: Nós chamamos de mães de aluguel, um termo bacana só para brincar, mas na verdade tinha duas mulheres por dia para cuidar deles. Eram 60 por mês e com amor isso funcionou.

GUIAME: Quando o senhor diz que sem a Unção e sem Cristo nesse projeto ele não funciona, acredita que a liderança evangélica está preparada para realizá-lo ou ainda precisa se preparar?

Joel Engel: Vou usar de exemplo um motorista de táxi que me falou: ‘Deixei de fumar, mas todo dia sou tentando pelo cigarro e tenho que fazer uma força enorme para não voltar’. E eu falei para ele: ‘Te falta vencer o espírito que traz a tentação, é um demônio’. Quando os nossos jovens entram na Igreja, aquele demônio não entra. Lá só tem o Espírito Santo. Esse pessoal que trabalho com isso e tem somente a letra têm muita dificuldade, a gente vê pessoas caindo que vão pra casa libertos e daqui há pouco voltam pior porque não houve ali um nascer de novo.

Esse ano nós queremos trabalhar em todo o Brasil e levar essa mensagem para cada trabalhador buscar a unção que Deus tem para libertar, há uma unção especial para isso.

GUIAME: O senhor estaria disposto a ir até as igrejas e iniciar esse projeto?

Joel Engel: Quando eu abracei esse projeto em Faxinal do Soturno (RS), eu estava viajando por todo o mundo. Foi minha época de agenda mais lotada, e eu larguei tudo para ficar com quatro jovens de Faxinal. Eu amo isso. Se tiver uma igreja que queira aplicar, nós podemos fazer um seminário para buscar o poder e a unção de Deus para isso.

Eu tive uma visão com o Brasil na qual o mapa do Brasil se transformava em um copo de vinho transbordante. Jesus estava servindo o vinho assim como naquele casamento onde ele transformou água em vinho e pediu que os trabalhadores servissem. Eu sou um trabalhador de Jesus e vou levar o vinho. E eu tenho certeza que aquelas pessoas que o recebem nunca mais serão as mesmas e estou disposto a dar a minha vida por isso.

Estou à disposição. E para cada evento que fizermos, que as igrejas se preparem com oração, reúna os líderes que têm fome de Deus, que a gente vai lá e ministra.

Se preferir, assista à entrevista em forma de vídeo:

Abaixo estão os contatos disponibilizados pelo pastor Joel Engel

[email protected]

WWW.joelengel.com.br

@pastorjoelengel

51. 9871-1156

Assessoria

@assessoriaengel

[email protected]

veja também