Heidi Baker fala sobre visão de avivamento para os últimos dias: “Será como uma onda”

A líder do ministério Iris Global teve uma visão sobre um último avivamento global, confirmando a afirmação de outros líderes cristãos.

fonte: Guiame, com informações da CBN News

Atualizado: Terça-feira, 21 Agosto de 2018 as 10:34

Heidi Baker compartilhou uma visão na qual cristãos levarão a glória de Deus até os confins da terra. (Foto: Reprodução)
Heidi Baker compartilhou uma visão na qual cristãos levarão a glória de Deus até os confins da terra. (Foto: Reprodução)

Muitos líderes cristãos estão prevendo que a maior colheita de almas na história está por vir. Milhares de pessoas se reuniram em Toronto, no Canadá, no começo deste ano para perguntar a Deus como podem se preparar para participar desse grande avivamento.

A reunião foi realizada na igreja onde aconteceu a Bênção de Toronto, em 1994. Alguns dizem que um novo avivamento está próximo e será como uma enorme onda que se espalhará por todo o mundo.

Entre os que estiveram presentes no encontro está John Arnott, que liderou a igreja onde começou a Bênção de Toronto. Ele teve a visão de uma onda tão grande que chamou de “tsunami” no livro Preparing for the Glory (Preparando-se para a Glória, em tradução livre).

"Todos esses pequenos barcos estão em cima dela", disse Arnott sobre a onda na visão que recebeu. "E então esta onda chegou e caiu na praia e foi apenas uma repentina e maravilhosa efusão de Deus que estava varrendo a área".

Uma onda de avivamento

Heidi Baker ajudou a iniciar milhares de igrejas em Moçambique e em outras partes do mundo. A líder da Iris Global disse à CBN News que também teve uma visão da tal onda, e disse que é uma onda de glória.

"Eu vi a onda e ela está cheia de rostos. E eu pensei: 'Senhor, o que é isso? São aqueles que estão voltando para casa ou os que estão saindo?' E eu vi que eram os rostos daqueles amantes radicais de Deus, de toda tribo, língua e nação, que vão até os confins da terra, carregando a glória”, afirmou.

Alguns podem achar que tal reavivamento é impossível nesta era escura e imoral. Mas o professor de teologia Michael Brown disse à CBN News que estudou várias vezes sobre a história norte-americana, onde os homens mais instruídos acreditavam que o cristianismo estava morrendo na terra.

"Todo mundo julgava a Igreja, julgava a Deus, e então o despertar veio", afirmou Brown. "Então eu realmente acredito, tanto quanto minha mente diz que é impossível, eu realmente acredito que o maior despertar para o mundo ainda está por vir".

Brown insiste que os cristãos devem defender o Evangelho e ainda conquistar o mundo. "Precisamos de um novo batismo de amor em um mundo pecaminoso e um novo batismo da imagem de Jesus em nós, para que possamos realmente ser como Ele para este mundo. Se realmente nos importarmos, as palavras certas seguirão. Mas também temos para reconhecer que a escuridão sempre odeia a luz", argumentou Brown.

"Temos que parar de tentar agradar as pessoas e ser aceito. Precisamos falar a verdade em amor", finalizou.

veja também