Homem é condenado por possuir livros cristãos

Homem é condenado por possuir livros cristãos

Atualizado: Quarta-feira, 19 Maio de 2010 as 1:18

Um cristão da Argélia foi condenado a dois anos de prisão e multado em 5 mil dinars. Ele foi acusado de proselitismo.

O advogado deste caso tem dez dias para apelar da sentença.

O cristão estava fazendo negócios em alguns mercados, e a polícia estava fazendo a ronda comum. Eles o abordaram, mas ele tinha deixado seus documentos no carro. A polícia acompanhou o cristão até o veículo, mas, juntamente com seus documentos, dentro do porta-luvas, estavam uns 5 ou 6 livros cristãos que ele havia ganhado de presente.

Isso foi o suficiente para que a polícia o acusasse de proselitismo e para que ele fosse condenado.

Esse irmão precisa de nossas orações. Vamos interceder para que a apelação feita pelo advogado dê resultados.

veja também