Homem é preso após agredir padre por suposto abuso nos EUA

Homem é preso após agredir padre por suposto abuso nos EUA

Atualizado: Quarta-feira, 3 Novembro de 2010 as 7:25

William Lynch, de 43 anos, que alega ter sido molestado quando tinha sete anos por um padre durante um acampamento, espancou o religioso e foi preso no Estado americano da Califórnia, de acordo com o jornal britânico The Daily Mail.

A prisão de Lynch ocorreu na última sexta-feira (29) e ele sorriu na ocasião, informou ainda o diário. Ele foi acusado de agressão com arma mortal.

O ato de violência aconteceu em 10 de maio deste ano contra o reverendo Jerold Lindner, que foi levado ao hospital com machucados e arranhões.

Lynch ficou por anos pensando em uma vingança contra o padre, de acordo com o jornal. O religioso também é acusado de molestar sexualmente o irmão mais novo de Lynch. O padre nega as acusações.

O suposto abuso ocorreu durante um acampamento nas montanhas de Santa Cruz. Os meninos tinham então sete e cinco anos. Eles alegam que foram violentados pelo padre e obrigados a fazer sexo oral no religioso católico em 1975.

Em uma investigação, foi descoberto que o padre também abusava de seus sobrinhos e sobrinhas a partir dos três anos de idade. A família do padre cortou relações com ele por causa do episódio.

Lynch e seu irmão chegaram a processar a ordem do padre, a Jesuítas da Califórnia, e fizeram um acordo de indenização de R$ 1 milhão (US$ 625 mil) em 1998.

Agora, para sair da prisão, Lynch deve pagar uma fiança de R$ 42,5 mil (US$ 25 mil).

veja também