Homem se passa por pastor e engana mais de 30 pessoas em Manaus

Homem se passa por pastor e engana mais de 30 pessoas em Manaus

Atualizado: Quarta-feira, 13 Julho de 2011 as 10:26

Fazendo-se passar por advogado, pastor, contador, juiz de paz e até mesmo por defensor público, Arkami Ali Mohamed Yacub conseguiu enganar ao menos 30 pessoas, no período de março a julho deste ano, no bairro Alfredo Nascimento, Zona Norte de Manaus.

A estimativa é a de que Yacub tenha obtido nos golpes aplicados contra as vítimas a quantia aproximada de R$ 20 mil. Boa parte dos golpes foram dados contra membros da Igreja Assembleia de Deus Nova Vida, cujo pastor, Raimundo Alves, 46, também foi enganado.

“Não imaginava que ele fosse enganar todos os irmãos”, desabafa Alves.

O falso advogado apareceu na igreja em março deste ano alegando que a mulher havia o expulsado de casa, para ficar com um outro homem, e desde então ele estaria perambulando sem ter onde ficar.

Penalizado com a situação de Yacub, a quem o pastor Raimundo conhecia há mais de 10 anos – apesar de não ter mantido mais contato -, ele resolveu lhe dar abrigo, além de o convidar para pregar na igreja em que congregava e também trabalhar como pedreiro, atividade desenvolvida pelo pastor.

Mesmo tendo aceitado o convite, Yacub chegou a advertir Raimundo de que estava se graduando em Direito, e assim que passasse no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), ele tentaria algo na área.

“Menos de um mês em que ele apareceu aqui, o Yacub surgiu com a história de que havia passado nas provas da OAB e como estava mantendo um relacionamento amoroso com a filha de um desembargador, logo, logo estaria empregado como advogado”, informa Raimundo.

A partir de então, relata o pastor, a cada semana, chegava na comunidade com uma história diferente.

Em uma delas conseguiu enganar cinco casais com a proposta de um casamento coletivo, cuja documentação seria expedida pela defensoria pública, onde Yacub estaria trabalhando.

“Ele se constituiu de juiz de paz, fez o casamento de todo mundo, mas quando perguntáva-mos por nossas certidões ele dava uma desculpa”, declara o autônomo Odilon Oliveira, que há pouco mais de uma semana, junto com os demais casais enganados, descobriu que na verdade o matrimônio civil não foi realizado.

Pensionistas

Segundo o pastor Raimundo e as demais vitimas do falso advogado, várias pessoas também foram enganados com beneficio de aposentadoria.

Iludidos com a falsa promessa de que por ser advogado conseguiria agilizar com mais facilidade os processos de algumas pessoas, Yacub conseguiu as cópias autenticadas de documentos pessoais, bem como procurações assinadas de vários moradores do bairro Alfredo Nascimento que acr4editavam que iriam receber o beneficio de imediato.

Tanto o pastor Raimundo, quanto o pastor Olercindo Ferreira Rufino, 63, também foram enganados pelas promessas de Yacub de que havia uma lei para beneficiar pastores que há mais de 20 anos atuam na atividade.

“Graças a Deus ele não chegou a utilizar os meus documentos em nada no INSS”, desabafa Raimundo.

Provas

No quarto onde Yacub ficou instalado várias cópias de documentos pessoais de inúmeras pessoas, bem como petições, entre outros documentos autenticados foram encontrados pelas vítimas, além de um pen drive, no qual estavam modelos de carteiras de defensores público, contabilista, entre outros documentos de identificação.

Parte do material, de acordo com o pastor Raimundo foi repassado ao delegado titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), Orlando Amaral, que está á frente das investigações.

Ainda segundo as vítimas, esta não seria a primeira vez que Yacub teria aplicado golpes pela cidade. Na DERFD o grupo foi informado de que ele já teria dado golpes semelhantes nos bairros São Jorge e São José.

Afora as inúmeras cópias de documentos, no local também foram encontrados mais de 60 DVD piratas de filmes pornôs.

veja também