Homem supera analfabetismo para pregar o Evangelho: “Mesmo sem ler aprendi as Escrituras"

Mesmo sem ler e escrever, o fabricante de tijolos aprendeu as Escrituras por meio das pregações de seu pastor.

fonte: Guiame, com informações do Portas Abertas

Atualizado: Terça-feira, 24 Abril de 2018 as 10:25

Aos 21, Nimal era viciado em álcool e cigarro quando foi convidado para um culto e se converteu. (Foto: Reprodução).
Aos 21, Nimal era viciado em álcool e cigarro quando foi convidado para um culto e se converteu. (Foto: Reprodução).

Nimal é um fabricante de tijolos de 52 anos que mora no Sri Lanka. Há 18 anos ele exerce a mesma função. Nunca teve muitos recursos e por isso não conseguiu ser alfabetizado. Mas, isso não o impediu de conhecer a Cristo e de espalhar o Evangelho por onde passa.

Cristão há 31 anos, Nimal sempre trabalhou na aldeia fazendo blocos de concreto e ganhou salário diário. Sua conversão se deu aos 21 anos, quando foi convidado para uma reunião.

“Naquela época, eu fumava e era viciado em álcool. Eu adorava cantar, então participei da reunião. Quando recebi um folheto, estava pensando em usá-lo para acender meu cigarro, mas, quando tentei fazer isso, senti uma onda de eletricidade passando pelo meu corpo. Ali me ajoelhei”, disse ele em entrevista ao Portas abertas.

Depois dessa experiência, Nimal se encontrou tão apaixonado por Deus que passou a falar de Seu amor para qualquer pessoa que encontrava. O homem estava maravilhado com a forma como Jesus o salvou.

Analfabeto

Nimal não foi alfabetizado. ele não tem instrução, mas isso não foi obstáculo para que ele pregasse o Evangelho. Mergulhado na pobreza, mas apaixonado por Deus. “Mesmo sem conseguir ler e escrever, ouvindo a pregação do domingo, eu aprendi as Escrituras em cerca de dois a três anos”, contou.

“Embora eu seja analfabeto, pela graça de Deus, pude compartilhar o Evangelho com o chefe da aldeia e as autoridades da comunidade. Um dia eu estava ouvindo um pastor pregando a Palavra de Deus e então ouvi alguém dizer Deus me faria um homem sábio”, lembrou.

“Quando falo com as pessoas até agora, elas perguntam: ‘Qual é o seu trabalho? E eu respondo: Deus ainda está me usando’”, salientou.

A fé e perseverança de Nimal foram maiores que os impedimentos que enfrentou para compreender o Evangelho e amadurecer como cristão. Deus vem usando sua vida para abençoar sua comunidade de maneira rica e constante.

veja também