Hospital Adventista de São Paulo realiza II encontro de médicos

Hospital Adventista de São Paulo realiza II encontro de médicos

Atualizado: Sexta-feira, 22 Outubro de 2010 as 10:22

 Manter, restaurar a saúde e promover bem-estar físico, mental e social dos indivíduos são as principais funções do médico. Em homenagem a esse importante profissional, o Hospital Adventista de São Paulo (HASP) e a União Central Brasileira da Igreja Adventista de Sétimo Dia realizaram no sábado, 16 de outubro, no Novotel, zona norte da capital, o II Encontro de Médicos Adventistas com a presença de quase 300 convidados.

  Na ocasião, foi servido um jantar especial e comemorado o Dia do Médico. Estavam presentes médicos do HASP, CEVISA, Clinica Vida Natural (São Roque), de diversas igrejas adventistas na UCB e médicos do Programa de Saúde da Família (Unasp Campus SP).

O Dia do Médico é lembrado em diversos países no dia 18 de outubro, desde o século XV. Data escolhida por ser o dia consagrado a Lucas, o "amado médico", segundo o apóstolo Paulo. No evento do dia 16, foi lembrada a importância da obra médico-missionária adventista e realizada uma homenagem especial aos profissionais Renê Gross, Natanael Costa e Plínio Santos que atuam por mais de 30 anos no Hospital Adventista.

“A obra médico-missionária ajuda as pessoas a vencerem vícios, mudarem estilo de vida e consequentemente aceitarem a Cristo como salvador. Ou seja, abre as portas ao evangelismo, vinculando os princípios de vida saudável à verdade de Jesus. Que os médicos e demais profissionais do Hospital Adventista de São Paulo continuem com esse foco”, disse o médico Dorival Duarte, diretor clínico do HASP ao parabenizar os médicos presentes.

Na oportunidade foi entregue aos participantes uma coleção de livros “Mente, Caráter e Personalidade I e II, Conselhos Sobre a Obra Médico-Missionária e demais livros sobre saúde”, da escritora Ellen G. White. O pastor Domingos José de Souza, presidente da União Central Brasileira (UCB) apresentou uma bela mensagem da Bíblia, oferecendo aos médicos nossa única esperança: Jesus Cristo.

veja também