IAP fala sobre o "Incomparável Cristo" em sua 44ª Assembléia Geral

IAP fala sobre o "Incomparável Cristo" em sua 44ª Assembléia Geral

Atualizado: Segunda-feira, 1 Dezembro de 2008 as 12

Da Redação

Nos últimos dias 28, 29 e 30 de novembro a Igreja Adventista da Promessa - IAP - recebeu as congregações de sua denominação, espalhadas por todo o País, na 44ª Assembléia Geral. O local escolhido para a realização do evento foi a Estância Árvore da Vida, localizada na cidade de Sumaré, interior de São Paulo.

O sábado, 29, teve uma programação que contou com pregações e louvor, intercalando-se durante todo o dia. De manhã, o presidente geral da Igreja falou aos presentes sobre o "Incomparável Cristo", ressaltando que Jesus deve ser o foco constante, não só de sua comunidade, mas de todas aquelas que se declaram evangélicas. Após sua pregação, um apelo possibilitou que, aqueles que se sentiram tocados pela Palavra, tivessem um encontro pessoal com Jesus. Os pastores presentes se dirigiram à frente do púlpito e receberam dezenas de pessoas que sentiram o desejo de conhecer efetivamente a Deus, com oração e imposição de mãos sobre elas. No período da noite, a assembléia pode louvar por meio de estilos variados, entre eles, o da cantora Theresa Ruas, que se apresentou ao vivo, com sua banda.

Cristocêntrica

Em entrevista exclusiva ao Portal Guia-me , o Pr. José Lima não deixou de reafirmar a importância de uma igreja que mantém a sua visão direcionada para a soberania de Jesus Cristo e as várias formas de crescimento que isso proporciona, não só à própria comunidade cristã, mas também à sociedade em geral. ''Eu não consigo ver crescimento sem Cristo no comando. Para qualquer assunto ou discussão, Ele é tudo e não existe nada sem ele. O próprio Jesus chegou a dizer: 'Sem mim, nada podeis fazer' e realmente penso que os evangélicos que têm acesso à mídia, que têm voz, deveriam refletir seriamente sobre isso, porque àquele que é muito dado, maior será cobrado'', lembrou o líder.

A exposição exagerada do ser humano tem sido uma das preocupações do presidente geral em relação ao meio evangélico que chega à mídia. Segundo José Lima, o destaque dado a nomes de líderes, igrejas e performances pastorais parece querer competir com a grandeza, importância e o significado de Cristo Jesus. ''Posso dizer que isso me dá agonia, porque quando lemos as escrituras, vemos que quando Paulo se encontra com Cristo, a vida deste apóstolo muda radicalmente. Após Ananias colocar as mãos sobre Paulo e este, então, se encher do Espírito Santo, ele passou a pregar que Jesus é o filho de Deus. Ele também fala sobre outras demandas, doutrinas e questões éticas, mas partindo sempre de Cristo. Por isso, prestou uma contribuição extraordinária para o cristianismo'', afirmou.

veja também