Idosa de 86 anos inspira outras pessoas a serem batizadas: ‘Melhor coisa que fiz’

Joy Stamey decidiu se batizar após adiar o ato por anos, devido a trauma com água.

Fonte: Guiame, com informações da BP NewsAtualizado: quinta-feira, 9 de dezembro de 2021 15:01
A Sra. Joy Stamey chora após ser batizada, aos 86 anos. (Foto: Reprodução / BP Press)
A Sra. Joy Stamey chora após ser batizada, aos 86 anos. (Foto: Reprodução / BP Press)

Apesar de ser crente desde jovem, Joy Stamey, de 86 anos, disse que adiou o batismo por muito tempo por causa de uma experiência ruim relacionada à água. Tudo isso mudou nos últimos meses, quando a idosa começou mais e mais a refletir sobre o próximo passo do batismo.

“Toda a minha vida tive medo de (ser batizada), então simplesmente adiei e disse que passaria sem isso. Mas, à medida que fui crescendo, comecei a pensar sobre isso e decidi me batizar”, disse a idosa.

“Achei que meus filhos ficariam orgulhosos de mim e sabia que no futuro teria de ser batizada, e estou muito feliz com isso agora. Eu me senti muito bem depois.”

O pastor do Liberty Live, Zac Ethridge, disse que a decisão de obediência da Sra. Joy inspirou outros na igreja a fazer o que for preciso para obedecer a Cristo.

Ethridge é o pastor do campus da localização do Liberty Live em Smithfield, onde Sra. Joy acompanha a filha, Julia Dancy, e o genro Bill.

Ele disse que ficou animado quando a família voltou a frequentar a Igreja pessoalmente após o bloqueio da Covid-19, mas ainda mais animado ao descobrir que a Sra. Joy estava interessada em ser batizada.

Buraco no telhado

O pastor conversou com a idosa e sua família no início de 2021 sobre a possibilidade de ser batizada. Ela expressou interesse, mas a família estava preocupada com os possíveis desafios físicos que poderiam surgir pelo fato de a Sra. Joy estar em uma cadeira de rodas.

Estar confinada a uma cadeira de rodas não impediu que Joy Stamey, de 86 anos, fosse batizada. (Foto: Reprodução / BP Press)

Além disso, ela expressou medo de água por causa de uma experiência anterior ruim. Ethridge assegurou-lhe que a igreja estaria disposta a fazer o que fosse necessário para garantir que ela estivesse segura e confortável para ser batizada.

Ethridge fez referência à história dos homens abrindo um buraco no telhado de uma casa para abaixar um homem para ver Jesus, a fim de ilustrar até onde a igreja estava disposta a ir.

“Se tivermos que abrir um buraco no telhado, vamos ajudar qualquer pessoa que queira dar um passo para obedecer a Cristo”, disse Ethridge. “Faremos o que for preciso.”

Finalmente, no final de outubro, Ethridge batizou a Sra. Joy em um momento especial no campus da igreja em Hampton durante a semana.

Esforços pela Sra. Joy

Os voluntários da igreja começaram levantando a Sra. Joy suavemente enquanto sua cadeira de rodas subia as escadas até o local do batistério. Ao ser levada para a beira do batistério, voluntários ajudaram a carregá-la para a água e a colocaram em um banquinho que ela usou enquanto estava na água.

Família, amigos e funcionários da igreja participaram da cerimônia especial para oferecer apoio e amor à Sra. Joy, que sua filha Julia Dancy classificou como incrível.

“É incrível ter a família da igreja apoiando você assim”, disse Dancy. “Parecia que estava em casa, do jeito que deveria ser. Senti um sentimento avassalador de gratidão e amor.”

Inspiração

Fotos e vídeos do batismo da Sra. Joy foram exibidos durante o culto do domingo seguinte em todos os campi do Liberty Live, e nove pessoas diferentes ficaram tão inspiradas que perguntaram se elas próprias seriam batizadas após o culto.

A Sra. Joy disse que incentiva todos que ainda não foram batizados a fazê-lo. “Eu definitivamente os encorajaria a fazer isso porque é algo de que eles absolutamente precisam”, disse ela.

“Sinto-me muito melhor desde que fui batizada. Foi a melhor coisa que já fiz e me arrependo de não ter feito isso há muito tempo”, declarou.

Amigos e familiares cercam Joy Stamey no dia em que ela foi batizada. (Foto: Reprodução / BP Press)

O Pr. Ethridge falou da expressão adequada de alegria e paz que a idosa exibiu após o batismo. Ele disse a ela que embora todas aquelas pessoas estivessem lá apoiando-a, ela era na verdade quem as estava inspirando.

“Eu disse a Joy: Se você está disposta a obedecer a Jesus no batismo, que desculpa temos para não fazer o que Deus nos chama a fazer?”, disse o pastor.

“Pode haver outra coisa para a qual estamos inventando desculpas. Eu apenas tentei encorajá-la e deixá-la saber o quanto sua fé e obediência significavam para mim pessoalmente e para todos que estavam lá. Eu apenas pensei ‘que obstáculos menores deixamos nos impedir de fazer o que sabemos que Cristo quer que façamos?’”.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições