"A ignorância é grande", diz Malafaia sobre projeto de legalização das drogas

"A ignorância é grande", diz Malafaia sobre projeto de lei

Atualizado: Sexta-feira, 31 Agosto de 2012 as 4:15

A legalização do porte e plantio da maconha está em discussão no portal do Senado Federal.

O projeto (PLS 236/12) divide opiniões. Silas Malafaia, no site Verdade Gospel, enumera sete pontos em que comenta a lei que considera absurda. Confira


1) Para início de conversa, se você é um verdadeiro cristão, jamais poderia apoiar o uso de qualquer droga, seja lícita ou ilícita. Porque 1 corintios 3:16-17 diz em síntese que qualquer que destruir o corpo, que é o templo do Espírito Santo, Deus o destruirá.

2) A ignorância é grande ao pensarem que a legalização das drogas favorece a sociedade. Está provado que as nações que liberaram as drogas aumentaram incrivelmente o uso delas, causando a devastação na sociedade, bem como custos astronômicos na área da saúde.

3) É provado que quanto mais se recrimina o uso das drogas, menos consumo tem. Não precisa ser nenhum estudioso para saber que a proibição de propaganda de cigarro na TV, bem como a proibição do mesmo em diversos lugares, fez o consumo cair. A mesma coisa com bebidas, por causa da lei seca. Como é que vamos concordar com a liberação de uma droga que é devastadora para o organismo humano?

4) Vamos ter uma multiplicação incontrolável de pequenos traficantes, pois o Estado não tem mecanismo para controlar quem é que está cultivando para consumo próprio ou para outros. Isto será devastador para a sociedade, pois vão oferecer esta droga do inferno para todos os tipos de gente, e o pior, nossas crianças e adolescentes ficarão vulneráveis a isto.

Leia também:

Magno Malta fala sobre aborto, drogas e homoafetividade na Frente Parlamentar Evangélica

"Meus acertos têm sido melhores que os meus erros", diz Malafaia sobre os 30 anos de ministério

5) Só quem aprova uma pouca vergonha deste quilate é que não sabe o que é uma pessoa dependente de uma droga. O que ela é capaz de fazer debaixo do seu efeito. E com certeza a violência aumentará.

6) É provado que a maconha é a porta de entrada para as outras drogas, como por exemplo a cocaína. Em vez de enfraquecer o traficante, nós vamos fortalecê-lo. Se tornarão mais poderosos porque receberão uma nova clientela para as drogas mais pesadas. Aprendemos com a Bíblia que na questão do pecado o ser humano é insaciável. É uma droga mais leve hoje, uma mais pesada amanhã e uma mais terrível depois de amanhã. Não é preciso nem falar que é devastador o uso de qualquer droga para o organismo humano.

7) O mundo está lotado de soluções simplistas que só visam o aqui e o agora, e a lógica do mundo é esta: se alguém morre fazendo aborto clandestino, então, vamos legalizar o aborto. Se alguém vive um relacionamento homossexual, então vamos aprovar o casamento gay. Onde estão os nossos princípios? Onde estão nossos valores? Quando você vota a favor do projeto que permite a produção e o porte de drogas para consumo próprio, os traficantes agradecem, porque a cocaína vai ser comprada na mão deles. O diabo agradece. Os ideólogos libertinos ateístas agradecem. A sociedade sem Deus e valores cristãos agradece. E você que está sendo instrumento do diabo e não para a glória de Deus. Em 1 corintios 10:31 diz: QUER COMAIS, QUER BEBAIS OU FAÇAIS QUALQUER OUTRA COISA, FAZEI TUDO PARA A GLÓRIA DE DEUS.

veja também