Igreja Adventista apresenta receita para um matrimônio de sucesso

Igreja Adventista apresenta receita para um matrimônio de sucesso

Atualizado: Quarta-feira, 11 Maio de 2011 as 4:56

Sergipe realiza oito divórcios por dia. Esse foi o levantamento feito pelo Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ). A informação é tão chocante que ganhou, há duas semanas, a primeira capa de um conceituado jornal do Estado. Segundo o jornal, os principais motivos das separações estão ligados à falta de diálogo, egoísmo e infidelidade. Em entrevista ao jornal citado, a psicóloga Ranya Knupp afirma que não há nenhuma receita para um casamento dar certo. Talvez você não acredite em receitas, mas há sempre caminhos que levam à probabilidade de um “felizes para sempre.”

Um desses caminhos é a castidade antes do casamento, pelo menos é o que revela uma pesquisa feita pela Universidade americana Brigham Young. O estudo foi realizado com 2.035 pessoas casadas e revela que a educação, a religiosidade e a duração do relacionamento são outros aspectos também importantes para bons resultados na vida conjugal, mas a abstinência mantém um papel de destaque. Além da durabilidade, outro efeito produzido pela abstinência sexual antes do casamento é a satisfação com o matrimônio. Esta foi constatada ser 20% maior entre os casais que esperaram. O estudo mostrou ainda que a qualidade na vida sexual dos que aguardam para ter relações mais íntimas depois do “eu os declaro marido e mulher” foi 15% maior em comparação aos que não aguardam.

Sandra Leoni sabe disso. Há 25 anos está casada com Marcus Rodrigues e se diz muito satisfeita com o matrimônio. O motivo? Eles esperaram. “Nós dois nos casamos virgens porque tivemos uma educação baseada nos princípios bíblicos. Eu não tenho dúvidas de que esse foi um fator positivo e superimportante para o meu casamento ser bem sucedido até hoje”, comemora Sandra. Seguir os preceitos bíblicos talvez seja a tal da “receita inexistente” declarada pela psicóloga Ranya. A Igreja Adventista do Sétimo Dia acredita em matrimônios eternos, que não se acabam e, procurando ajudar centenas de casais nesse aspecto, a sede administrativa da Igrejas Adventista para Sergipe realiza anualmente um curso para casais de noivos e namorados. “O curso produz o enriquecimento espiritual do casal e o habilita a ter mais recursos na dinâmica da vida a dois” Explica o pastor Geovanio Melros, líder do Ministério de Lar e Família para Sergipe.

Sue Ellen Alves e Daniel Rodrigues namoram há pouco mais de um ano e sabem que seguir os ensinamentos bíblicos é a receita para um casamento feliz. Pensando nisso, eles participaram do curso para noivos e solteiros deste ano e afirmam que foi muito importante para o casal. “Nós gostamos muito do curso de noivos, principalmente da palestra que falou sobre a importância da boa comunicação entre o casal e da que tratou sobre a forma que devemos administrar o dinheiro que recebemos”, conta Sue Ellen. Mas a participação do curso não ficou só no dia do evento. Sue Ellen levou para si ensinamentos que facilitarão a vida a dois. “A nossa comunicação deve ser delicada e nunca dissonante. Não devemos cultivar a ira ou o desrespeito. Essas coisas devem ser arrancadas pela raiz e através de Jesus Cristo tudo é possível para a transformação de um futuro lar semelhante ao pedacinho do céu”, diz. Parece que Sue Ellen, Daniel, Marcus, Sandra e tantos outros adventistas encontraram a receita para o sucesso do matrimônio: a Bíblia.

veja também