Igreja Batista apoia inclusão digital em Cuiabá - MT

Igreja Batista apoia inclusão digital em Cuiabá - MT

Atualizado: Terça-feira, 20 Abril de 2010 as 12

O Governo do Estado inaugurou mais uma unidade de inclusão digital em Cuiabá. O novo telecentro vai atender a região do Verdão e funcionará dentro da Igreja Batista da Paz, localizada na Avenida Agrícola Paes de Barros, ao lado do Ginásio Aecim Tocantins. Ao todo são 11 unidades na Capital e três em Várzea Grande. A secretária de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social (Setecs), Roseli Barbosa, participou, na noite de domingo (18.04), da inauguração da unidade, acompanhada dos pastores Tubal Monteiro e Jairo Ishikawa. Com mais esta unidade o Governo chega a 137 unidades do projeto Mato Grosso Ação Digital, beneficiando 117 municípios.

A unidade da Igreja Batista da Paz é dotada de dez computadores, mais um computador central, uma impressora e mobiliário. O pastor Tubal Monteiro destacou que este projeto é um anseio antigo da Igreja. ''Já tínhamos pensado em várias alternativas, até que encontramos no Governo do Estado a oportunidade de oferecer este serviço. Fomos muito bem recebidos e hoje o sonho se transforma em realidade. Iremos atender a diversos bairros vizinhos, como o Cidade Alta, Santa Isabel, Santa Amália, Santa Marta, Cohab Nova, Jardim Primavera, entre outros, oferecendo cursos de informática e acesso gratuito á internet. Além disto, o telecentro vai ampliar as obras sociais da nossa Igreja'', destacou o pastor.

A secretária Roseli Barbosa afirmou que esta é a primeira unidade implantada dentro de uma igreja. ''Reconhecemos a importância e o alcance social que esta parceria trouxe. Temos certeza que os serviços da unidade vão chegar até quem mais precisa, pois a Igreja Batista da Paz já presta um ótimo trabalho com a comunidade. E está é a premissa do nosso Governo, trabalhar em parceria para atender mais pessoas''.

O objetivo do projeto MT Ação Digital é promover a inclusão social por meio da inclusão digital, ao oferecer acesso gratuito a cursos de informática e internet às comunidades carentes de todo o Estado. Os telecentros são instalados em locais públicos, de fácil acesso e próximo a regiões com grande número de habitantes. Desde 2003 o projeto já realizou mais de 2 milhões de atendimentos.

''Este volume de atendimentos demonstra o alcance do nosso projeto, que atende a todos que não têm computador, criando condições para as pessoas excluídas do mundo digital terem acesso a estas tecnologias, fundamentais hoje em dia. Muito além de oferecer internet, abrimos laboratórios para atendimento à população de forma completa e orientada'', ressaltou Roseli Barbosa.

Novas unidades

Até o final de julho o projeto MT Ação Digital vai alcançar 100% de cobertura em Mato Grosso, chegando a todos os 141 municípios do Estado. As próximas inaugurações serão em Cuiabá, no Abrigo Bom Jesus e no Oratório Santo Antônio, e nos municípios de Acorizal, Carlinda, Cláudia, Lambari D'Oeste, Nova Monte Verde, Reserva do Cabaçal e Rosário Oeste.

veja também