Igreja Batista de Bacabeira - MA sedia 1ª Conferência da Cidade

Igreja Batista de Bacabeira - MA sedia 1ª Conferência da Cidade

Atualizado: Quinta-feira, 4 Fevereiro de 2010 as 12

Como será solucionado o problema do lixo na região, a questão do transporte coletivo, da moradia popular, a construção de mais escolas e a qualificação da mão de obra local. Estes e outros questionamentos relacionados aos problemas urbanos, que se ampliarão na região com a construção na Refinaria Premium I em Bacabeira, foram levantados com preocupação pela população do município nos grupos de discussões da 1ª Conferência da Cidade, realizada durante todo o dia do último sábado, no salão da Igreja Batista daquele município.

Promovida pela prefeitura de Bacabeira, por meio da Secretaria de Administração e Planejamento e o Conselho Municipal das Cidades, a Conferência reuniu os gestores públicos locais, vereadores, líderes políticos e religiosos, lideranças dos movimentos sociais, empresários, entre outros segmentos da população.

Gestão democrática - Espécie de fórum popular, em que se debate e se propõe políticas de urbanização, o encontro foi aberto às 9h, pelo presidente do Conselho Municipal das Cidades e secretário municipal de Administração e Planejamento de Bacabeira, Francisco Moura, e pelo prefeito José Venâncio Correa Filho, o Venancinho, que classificou o fórum como ''um importante instrumento de gestão democrática para melhorar a qualidade de vida dos moradores''.

Ainda na mesa de abertura dos trabalhos, em que estavam também o vice-prefeito da cidade, Delson Nicolau Serra, o presidente da Câmara de vereadores, Alan Linhares, a representante da Secretaria Estadual das Cidades, Elieude Soares, e o presidente do Sindicato de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Bacabeira, Venancinho acrescentou que a realização da Conferência apenas institucionaliza uma prática local.

''Aqui em Bacabeira, desde o ano de 2007, no processo de elaboração do Plano Diretor Municipal, as políticas públicas para o município são definidas em eventos como esses, com a participação ampla da sociedade e de suas entidades representativas'', ressaltou o prefeito.

Pacto

Após a abertura solene, o assessor técnico da prefeitura de Bacabeira, o biólogo Ribamar Pinheiro Júnior, fez uma intervenção sobre ''Retrospectiva e Realidades de Bacabeira''. A fala de Pinheiro Júnior foi seguida da explanação do jornalista e membro do Conselho Estadual das Cidades, Ronald Damasceno, sobre ''Políticas de Desenvolvimento Urbano'' e a importância da Conferência.

Durante os debates, ao ouvir a manifestação da sociedade sobre os problemas urbanos e sociais que a construção da Refinaria I desencadeará, Venancinho disse que compartilha da mesma preocupação e informou que defende a construção de um Pacto de Gestão entre Petrobras e os governos, municipal, estadual e federal, a fim de que as cidades da região possam crescer de forma ordenada.

Fórum

A etapa municipal da Conferência das Cidades é a primeira, das três, para se chegar à Conferência Nacional das Cidades, prevista para maio, em Brasília. A realização do evento é exigida pelo Ministério das Cidades para municípios com população acima de 20 mil moradores.  No caso de Bacabeira, que tem pouco mais de 15 mil habitantes, a realização da Conferência é exigida por conta da construção da Refinaria Premium I, que naturalmente vai acelerar o crescimento da região.

O evento, que teve como tema: ''Avanços, Dificuldades e Desafios na Implementação da Política de Desenvolvimento Urbano'', foi realizado com o objetivo não só de debater, mas também apontar propostas e escolher delegados para representar o município na Conferência Nacional. O debate no evento foi norteado como base em quatro eixos pré-estabelecido pelo Conselho Nacional.

veja também