Igreja da Rússia cresce mesmo com violência

Igreja da Rússia cresce mesmo com violência

Atualizado: Segunda-feira, 20 Setembro de 2010 as 9:03

Mesmo com atentados terroristas como o da semana passada, onde um carro-bomba explodiu em Vladikavkaz, da Rússia, o trabalho desenvolvido pela igreja não foi abalado.

Outro atentado que marca a vida de muitos irmãos foi à tragédia da escola de Beslan em 2004.  Nesse incidente, mais de 330 pessoas morreram, incluindo 186 crianças.  As famílias dos pastores Sergei e Taimuraz Totiev perderam filhos em no atentado de Beslan, mas mesmo com a perda eles trabalham incansavelmente para proclamar a paz de Cristo.

O presidente da Associação Eslavo Evangelho Bob Provost, afirma que nada acontece sem a permissão de Deus. "Mesmo em meio a essa tragédia e derramamento de sangue, o nosso Deus e Pai é fiel e trabalha através de Seu povo para curar feridas e mudar vidas através do poder do Evangelho", conta.

De acordo com Sergei Totiev, a Igreja Batista de Beslan está planejando o "ministério de prevenção espiritual" em 20 escolas da Ossétia do Norte em outubro. Eles vão ensinar as crianças sobre os perigos do alcoolismo e das drogas. Sergei espera também que este trabalho abrirá as porta para que escolas e orfanatos sejam alcançados no natal.

Provost pede aos cristãos para orar em favor do povo da Ossétia do Norte. Embora eles não tiveram que enfrentar tal violência como em outras regiões do Cáucaso do Norte com maior população muçulmana, eles tiveram que lidar com os "ataques direcionados".

veja também