Igreja, é tempo de avivamento! - parte 2

Igreja, é tempo de avivamento! - parte 2

Atualizado: Sexta-feira, 12 Julho de 2013 as 7:45

TEXTO: Ezequiel 37
 
avivamentoMEDITAÇÃO: Para responder à altura nosso chamado e cumprir nossa Missão de entregar a Pátria a Cristo, temos de gemer por um REAVIVAMENTO ESPIRITUAL NA IGREJA DE CRISTO. Quando ela for incendiada pelo FÔLEGO DA VIDA, haverá avivamento na nação. Isto é, multidões serão invadidas pela vida de Deus, em Cristo, provando o novo nascimento, como filhos do Deus vivo. 
 
Deus dará vida a qualquer pessoa que esteja disposta a deixar que o fogo do Espírito Santo a incendeie. O mundo está buscando a Deus. Trágica e ironicamente Ele é procurado nos locais errados. Infelizmente, enquanto a humanidade carece de Deus, parte do Seu povo está dormindo nos bancos da Igreja, dormindo nas tradições religiosas, letargia e procrastinação.
 
Falamos na reflexão anterior sobre as necessidades do mundo: Em síntese:
 
• Saber "como" chegar a Deus e adorá-lO. Ele quer ouvir a Deus.
• Conhecer modelos de autêntica vida cristã. O mundo quer ver a Deus em nós!
• Testemunhar o poder de Deus demonstrado na vida de cristãos que têm relação íntima com Jesus.
 
Nós também, como Igreja de Cristo, temos uma grande necessidade. No meio de toda a prosperidade da nossa nação nos últimos anos, há uma grande fome. É que cada discípulo de Cristo comunique pessoalmente a Palavra de Redenção ao maior número de pessoas para que sejam salvas.
 
Cremos que precisamos de uma revelação de Cristo, maior do que aquela que já tivemos. “Forma Cristo em mim,” deve ser nosso fervente clamor ao Espírito Santo. Nada menos do que isto.
 
Que nosso sentir seja semelhante ao de Paulo, revelado nestas palavras: “Tenho também como perda todas as coisas pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor...” (Fp 3:8). “...Para conhecer a Cristo e o poder da sua ressurreição, e a participação nos seus sofrimentos, identificando-me com Ele na Sua morte” (Fp 3:10). 
 
Tenho uma grande ambição: Conhecer a Cristo e o poder da Sua ressurreição! Quanto mais O conhecermos, mais nos identificaremos com Ele. Quanto mais nos identificamos, mais poderoso nosso testemunho dEle. Vidas serão impactadas e transformadas através da nossa mensagem.
 
Destacamos uma terceira necessidade da Igreja: Ter um reavivamento de sincero arrependimento do pecado. Ecoe em nossos ouvidos a Palavra de Yahweh, o Deus Eterno:
 
"E se o meu povo, que se chama pelo meu Nome, se humilhar, (a Igreja pode ser muito orgulhosa - a igreja não dever ser liderada por pessoas proeminentes, mas por gente de joelhos dobrados) orar e buscar a minha face, (devemos ter fome de Deus e de almas perdidas mais do que de alimentos) e se afastar dos seus maus caminhos, (não pela metade; cada um de nós deve arrepender-se, confessar seus pecados, ser batizado em Cristo vivificado) dos céus o ouvirei, perdoarei o seu pecado e seus erros e curarei a sua terra.” (2 Crônicas 7:14 - BKJ)
 
Deus trará avivamento à nossa terra, nosso povo, a Igreja, se nós nos humilharmos, orarmos e nos convertermos de nossos maus caminhos. Só há arrependimento onde há conversão, mudança, retorno para Deus! Que nos disponhamos a sofrer os processos do reavivamento para responder à altura à necessidade de avivamento nacional.
 
ORAÇÃO: 
Pai, eu me arrependo dos meus pecados de mornidão e frieza espiritual. Arrependo-me por não ser o que Tu queres que eu seja. Por viver aquém do que projetaste para mim em Cristo. Forma Cristo em mim!
 
1. Entregue-se ao arrependimento pelos pecados na nação. Humilhe-se diante de Deus por si mesmo e pela Pátria.
2. Clame a Deus para que derrame sobre nós uma fome de conhecer a Cristo, em Sua plenitude e identificar-se com Ele. Clame também para que abracemos o espírito de 2 Crônicas 7:14.
 
 
- Valnice Milhomens
 

veja também