Igreja evangélica da Alemanha irá se encontrar com o Papa Bento XVI

Igreja evangélica da Alemanha irá se encontrar com o Papa Bento XVI

Atualizado: Quinta-feira, 14 Julho de 2011 as 11:32

  Já passa de 175 mil o número de inscritos para as celebrações que o Papa Bento XVI presidirá durante sua próxima viagem à Alemanha, entre os dias 22 e 25 de setembro. No total, serão cinco Missas solenes ao longo dos quatro dias de viagem do Pontífice em sua terra natal.

Fazem parte do roteiro do Bispo de Roma a capital, Berlim, bem como as cidades de Erfurt – na ex-República democrática alem㠖, Eichsfeld – enclave católico na Turíngia protestante – e Friburgo – Arquidiocese do presidente dos bispos alemães, Dom Robert Zollitsch.

O dia na capital será a parte mais institucional da viagem, com os encontros previstos com as mais altas autoridades do Estado e o discurso diante do Parlamento. Para a Missa Solene ao ar livre, no Estádio Olímpico, já há 55 mil reservas – 12 mil somente dos fiéis provenientes das vizinhas Áustria e Polônia.

Em Erfurt, estão confirmados os encontros com os expoentes da Igreja evangélica e luterana e a Missa ao ar livre, na Praza do Duomo, da qual poderão participar, por razões de segurança, as primeiras 30 mil pessoas que reservarem seu lugar.

A viagem será concluída no dia 25, em Friburgo, com um discurso conclusivo na Sala de concertos da cidade. Segundo o coordenador da viagem na Arquidiocese, Pietro Birkhofer, espera-se a presença de 100 mil pessoas na Missa e de 20 mil na Vigília de oração com os jovens.

A viagem custará entre 25 e 30 milhões de euros, angariados pela Igreja alemã, enquanto a segurança é responsabilidade do governo de Berlim. A Conferência Episcopal Alemã é a principal responsável pela organização da visita do Santo Padre.

Essa é a terceira vez que Bento XVI dirige-se ao país, após a JMJ de Colonia, em 2005, e a visita à Baviera, em 2006.  

veja também