Igreja para gays em SP fica lotada na inauguração

Igreja para gays em SP fica lotada na inauguração

Atualizado: Segunda-feira, 29 Abril de 2013 as 11:23

 

fabio e marcos - igreja contemporânea
Os pastores Fabio Inacio e Marcos Gladstone
 
Sábado, 27 de abril, a Igreja Contemporânea ficou lotada no culto de inauguração do templo, no bairro do Tatuapé, Zona Leste.
 
Casais homossexuais, tanto de homens, como de mulheres, eram vistos por todos os lados. Alguns poucos heterossexuais também estavam presentes.
 
"Somos contra a demonização do público gay, patrocinada por evangélicos como o deputado-pastor Marco Feliciano [PSC-SP] e por Silas Malafaia", diz o pastor e fundador Fabio Inacio, 33, que descobriu ser homossexual ainda criança e viveu "dentro do armário" até os 24, quando se assumiu.
 
Junto com o marido Marcos Gladstone, Fabio é pai dos meninos Felipe e Davidson, de 7 e 9 anos.
 
Antes de assumir sua homossexualidade, ele foi pastor da Igreja Universal do Reino de Deus por quatro anos. 
 
Em várias músicas religiosas, a iluminação era rebaixada e o templo transformava-se em boate, meninos dançando abraçados. Alguns, emocionados, chegavam a chorar.
 
Para a igreja, as passagens bíblicas que condenam a sodomia não passam de traduções mal feitas das Escrituras.
 
 
com informações da folha.uol
 

veja também