Igreja recebe reconciliações durante Semana Santa

Igreja recebe reconciliações durante Semana Santa

Atualizado: Terça-feira, 6 Abril de 2010 as 12

A igreja do bairro Santa Isabel, em Cuiabá, no Mato Grosso, estava toda decorada. Um cartaz na entrada com o título ''Venha Conhecer Um Lugar de Esperança - Semana Santa 2010'' convidava a comunidade para a programação. Por dentro, o templo estava todo ornamentado com tecido do tipo TNT. Uma espécie de tapete vermelho cobria os dois corredores até o púlpito onde havia balões, flores e cadeiras enfeitadas. Tudo isso era para receber cerca de 50 pessoas que estiveram presentes na noite de quinta-feira, 01.

A oradora da noite, professora Lucilene Britis, destacou o ministério de intercessão de Jesus no santuário celestial. Ela ressaltou a importância da intercessão através da oração. ''Assim como Jesus intercedeu por nós, precisamos interceder por outras famílias, parentes, vizinhos e amigos'', destaca.

Lucilene contou a história de Nike que era líder de uma gangue. Ninguém conseguia ''tocar'' o coração dele. No entanto, certo dia, um pastor foi até sua casa e falou que Jesus o amava. Nike ficou enfurecido e agrediu o pastor. O pastor respondeu: ''você pode me matar, me picar em pedacinhos e jogar por aí. Mas ainda assim continuarei a te amar e a orar por você!''. Essas palavras tocaram o coração de Nike profundamente e ele se entregou a Jesus. Assim, ele se tornou um homem transformado.

Com essa história, a oradora da noite quis demonstrar que o amor é a força mais poderosa do universo e que o amor de Deus é transformador. Prova disso é a história de Edmar Ferreira e Pâmela Ferreira. Eles eram membros da igreja e acabaram se afastando por um tempo. Resolveram participar da Semana de Oração, não faltaram nenhuma noite e foram os responsáveis pela decoração da igreja. No final da semana, eles decidiram se rebatizar. ''Quando se sai da igreja a gente sente um vazio muito grande. A paz e a alegria só Jesus pode dar'', revela Pâmela.  

No domingo, foram batizadas dez pessoas, entre elas Pâmela e Edmar. Rildo Macedo, pastor do distrito, emocionou-se várias vezes ao batizar os novos membros e narrar um pouco da história de cada um. A igreja estava em festa por receber os novos irmãos. Edmar que deixou o emprego para guardar o sábado compartilha sua alegria. ''Meu coração está alegre por retornar à família que conheci desde criança. Tenho fé que Jesus vai suprir todas as nossas necessidades'', anima-se.

Por Equipe ASN / Ellen Ribeiro

veja também