Igreja Universal transforma vidas na Nova Zelândia

Igreja Universal transforma vidas na Nova Zelândia

Atualizado: Sexta-feira, 1 Outubro de 2010 as 10:33

Localizada na Oceania, a Nova Zelândia é um país conhecido mundialmente pela modernização e industrialização que oferece aos habitantes. O país também é famoso pela prática dos esportes ‘rúgbi e montanhismo’. Além disso, os vastos  territórios de belas paisagens naturais, faz com que o país seja muito procurado por turistas de todo o mundo.

Apesar de a Nova Zelândia ser considerada por muitos como um país ‘modelo’, devido à pequena taxa de mortalidade infantil e analfabetismo, quando a Igreja Universal do Reino de Deus chegou ao território, em 2004, encontrou pessoas sofrendo por causa da imigração irregular, conflitos familiares, doenças, vícios e diversas perturbações espirituais.

Atualmente, a Igreja conta com um templo localizado no centro da cidade de Auckland e mais 6 núcleos espalhados pelo país. Apesar da população ser formada por  56,3 por cento de pessoas que professam religiões que têm como base o ensinamento cristão, o  responsável pelo trabalho evangelístico no país, Marcelo Rocha, explica que o começo do trabalho não foi nada fácil. “As pessoas eram desconfiadas, pois por existir muitas igrejas aqui, elas pensavam que a Igreja Universal seria mais uma.

Mas, com o passar do tempo, elas perceberam a diferença e começaram a experimentar dos milagres de Deus na própria vida, o que trouxe aceitação e compreensão de que o desejo de cada um de nós, membros, obreiros, evangelistas e pastores é   de ajudá-los a terem uma vida feliz e abençoada por Jesus”, comenta.

Para alcançar cada vez mais vidas sofridas, a evangelização é feita com visitas em asilos, hospitais, clínicas de recuperação, casas e também por meio de programas de rádio, tevê e jornais.  Além disso, voluntários ajudam os idosos que moram sozinhos nas tarefas do lar e contribuem com ações beneficentes voltadas aos necessitados, distribuindo donativos e folhetos informativos de combate às drogas.

De acordo com o pastor Marcelo, as reuniões têm contribuído de uma maneira magnífica na vida das pessoas e consequentemente no desenvolvimento do país, pois elas aprendem a usar a fé e encontram a solução para diversos tipos de problemas. “O casamento é reconstruído, a família, a vida financeira, a saúde e, o principal, a pessoa passa a ter paz interior e encontra a salvação. Isto com certeza ajuda positivamente a vida das pessoas, a cidade e até mesmo o país”, declara.

Salvação que chegou até a assistente administrativa, Marlene Bowers, de 39 anos. Ela conta que era viciada em drogas e bebida, a ponto de passar a noite toda com os amigos se drogando. Além dos vícios, ela sofria por causa do nervosismo constante e da frustração sentimental. “Havia muitas brigas em minha família, todas as vezes que eu arrumava bons empregos, eu acabava perdendo-os por causa do meu mau comportamento. Me envolvi em relacionamentos nos quais fui muito agredida fisicamente e emocionalmente. Eu não sabia mais o que fazer para resolver os meus problemas”, relata.

Certo dia um amigo a convidou para participar de uma reunião da Igreja Universal. Essa atitude mudou a vida de Marlene por completo. “O Senhor Jesus abriu os meus olhos e transformou a minha vida. Hoje eu estou livre das drogas, do nervosismo e aquela raiva que existia dentro de mim desapareceu. As brigas não fazem mais parte do meu lar. Meu sonho de casar e ter a minha casa própria se tornou realidade. Hoje, posso dizer que sou uma mulher realizada em tudo, o senhor Jesus me libertou e eu agradeço a Ele por ter deixado a porta da IURD aberta para mim”, agradece.  

veja também