Igrejas em todo o Brasil realizam congressos de jovens durante o Carnaval

Igrejas em todo o Brasil realizam congressos de jovens durante o Carnaval

Atualizado: Quarta-feira, 9 Março de 2011 as 8:37

Milhares de conversões e batismos no Espírito Santo marcam o feriado de carnaval em Assembleias de Deus de todas as regiões do país. Enquanto nesse período a maioria da sociedade brasileira celebra a festa da carne, centenas de milhares de assembleianos de todo o país adoram a Deus em uma verdadeira festa espiritual. Igrejas de norte a sul usam o feriado para investir em atividades de edificação e despertamento espirituais voltadas para os jovens, mas que envolvem toda a igreja: os tradicionais congressos de jovens, que são realizados há mais de 60 anos nas Assembléias de Deus brasileiras.

O primeiro Congresso de Jovens da AD foi realizado de 6 a 13 de fevereiro de 1943, na Bahia, envolvendo a juventude assembleiana daquele Estado e a de Sergipe. Naquela época, a AD em Sergipe era ligada à baiana (a autonomia da igreja sergipana viria anos depois, como fruto do crescimento do trabalho ali). Hoje, o Congresso de Jovens, também chamado de Confraternização da Mocidade, costuma ser um dos maiores eventos das igrejas assembleianas.

O pastor Israel Ferreira, líder da AD em Salvador, lembra dos congressos de mocidade na gestão do pastor Rodrigo Silva Santana, que liderou a igreja baiana de janeiro de 1960 a 29 de junho de 1985. “Nossa juventude foi enriquecida com o ensino da Palavra. Hoje, às vésperas do Centenário das Assembléias de Deus no Brasil, o Departamento de Jovens e Evangelismo de nossa igreja tem um projeto que envolve maciçamente a juventude”, comemora.

Os congressos de jovens nas ADs alcançaram seu auge nas décadas de 60, 70 e 80. Mais que uma “moda” ou “movimento”, característica de eventos passageiros, os congressos se firmaram e revelaram novos talentos entre os jovens, tanto em nível nacional como internacional. Muitos pregadores, pastores, missionários, evangelistas e cantores são resultados deste trabalho. Exemplo disso é o pastor Elienai Cabral, líder da AD em Sobradinho (DF), comentarista de Lições Bíblicas da CPAD.

Ele destaca que o objetivo dessas conferências era incentivar no jovem um desejo maior de se envolver na igreja. “Os encontros influenciaram uma geração de jovens que hoje, na maioria, servem à igreja como pastores, líderes de igrejas”, atesta.

Pastor Elienai destaca ainda que, naquelas reuniões, a juventude buscava referenciais, e muitos se destacavam tornando-se eles mesmos referência para o Brasil inteiro. Mas, os saldos positivos não ficavam apenas na área espiritual. “Muitos casamentos foram realizados entre jovens que se encontraram nos congressos. O meu noivado, por exemplo, aconteceu em público. O pastor chamou a mim e a minha noiva e fez a cerimônia de noivado em pleno congresso de jovens. Fiquei noivo na cidade de Vassouras (RJ), durante o 3º Congresso de Mocidade da União de Mocidade das ADs no Estado do Rio de Janeiro, realizado em janeiro de 1966”, relembra.

Outro exemplo é o pastor Virgílio de Carvalho, líder da AD em Sergipe. Segundo o líder, os congressos trouxeram uma proposta excelente de despertamento espiritual para a  juventude e para toda igreja, e não são poucos os obreiros que hoje estão realizando grandes trabalhos como resultado desses encontros. “Aconteceu comigo. Já ardia em meu coração o desejo de fazer missões. Ainda em tenra idade, fui coordenador da juventude e, ao participar de um congresso em Salvador, recebi uma revelação sobre o campo missionário e, pouco tempo depois, fui para missões”, lembra.

Milagres por todo o País A AD em Passo Fundo (RS), liderada pelo pastor João Maria Hermel, também realiza congressos de jovens no período do Carnaval. São momentos marcados por conversões e batismos no Espírito, e por milagres. Um deles marcou o jovem Moisés dos Santos, membro daquela igreja.

Moisés sofreu um acidente vascular cerebral e ficou internado durante 28 dias, sendo sete deles no CTI. Como sequela, perdeu o movimento do lado direito do corpo e foi hospitalizado várias vezes. “Saí do hospital no dia 16 de fevereiro e fiz um propósito com Deus de ir ao congresso da mocidade para receber uma grande bênção”, conta. Mesmo com dificuldades, Moisés participou do evento todos os dias. “No momento da oração, fui o primeiro a receber a imposição de mãos pelos pastores. Um deles, usado por Deus, tocou no meu joelho e tornozelo, e senti estalos. No mesmo instante, recuperei meus movimentos, para a glória do Senhor! Hoje só sei que quero servi-lo de todo o meu coração e fazer a Sua vontade”, conta Moisés, emocionado. Na AD em Lorena (SP), liderada pelo pastor José Tenório dos Santos, cerca de 5 mil jovens se regozijam na presença do Senhor durante o feriado de carnaval. Gincanas bíblicas, louvor e interação são algumas das atividades realizadas.

No Pará, a AD em Soure, liderada pelo pastor Teodoro Amaral, a primeira vez que realizou um congresso de jovens no período do carnaval, todas as expectativas foram superadas. A igreja recebeu caravanas de várias regiões, contabilizando uma frequência diária de mais de 3 mil jovens durante o evento. Segundo o pastor Alexandre Marques, líder de mocidade no Estado do Pará, o movimento incluiu um desfile pela cidade com participação das bandas de música da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. “Na ocasião, também foi distribuída literatura evangélica e muitas vidas se renderam aos pés do Senhor” conclui.

Por:  Redação CPAD News

veja também