Igrejas evangélicas colaboram com o Plano Nacional de Alfabetização

Igrejas evangélicas colaboram com o Plano Nacional de Alfabetização

Atualizado: Quarta-feira, 19 Janeiro de 2011 as 8:29

Desde 2010, o governo de El Salvador trabalhou em um plano ambicioso: erradicar o analfabetismo, que atinge 682 000 pessoas no país. Este compromisso da nação está planejando implementar um exército de voluntários e população volta para a experiência de Cuba com o programa que eu posso.

"As igrejas evangélicas estão mais conscientes, sabem da importância de ler e escrever ... ainda doar material e motivar seu povo que se alfabetizar ..." disse Rodriguez.

Ahuachapán no oeste do país, é um dos departamentos mais pobres de El Salvador. Nesta província foram alfabetizadas residentes de cerca de 29 municípios, explicou, "cada um deles o PNA teve o apoio incondicional de um pastor de igrejas protestantes, incluindo as Assembléias de Deus, Batista, amigos de Israel e de outros" disse ele.

"Um pastor, até fingia ler a Bíblia para o púlpito de uma mulher que conseguiu aprender em círculos, para mostrar a outros paroquianos que podia fazer" ... o coordenador do detalhadas alfabetização.

"A mesma experiência foi repetida em outros departamentos ... são pastores que vêm buscar parceiros e associados para se alfabetizar, sua participação tem sido importante neste processo."

O governo diz que o plano é baseado no Programa de Educação Social "Vai à Escola", especificamente no estratégicos "de longo aprendizado para jovens e adultos", que visa garantir o acesso de jovens e adultos educação básica e ainda que irá promover a melhoria da qualidade de vida e participação ativa no desenvolvimento da sociedade salvadorenha.

veja também