Igrejas reconhecem responsabilidade no combate à AIDS

Igrejas reconhecem responsabilidade no combate à AIDS

Atualizado: Quarta-feira, 10 Novembro de 2010 as 1:42

Igrejas devem incluir em suas agendas o assunto HIV/Aids e fortalecer o seu papel de comunidades terapêuticas e não o de comunidades de juízo. A conclusão é do grupo de agentes comunitários que participaram no sábado, 6, do encontro sobre "A igreja e os desafios do HIV", reunido em Maracaíbo.

Participaram do evento representantes da União Evangélica Pentecostal, Igreja Presbiteriana da Venezuela,  Igreja Hosana e Arquidiocese de Maracaíbo. O encontro teve por propósito sensibilizar as comunidades religiosas na prevenção ao HIV/Aids, na luta contra a estigmatização e discriminação de pessoas soropositivas.

O Conselho Latino-Americano de Igrejas (Clai) e Acción Ecumênica, promotores do evento, vão organizar encontros similares em outros Estados do país, com o objetivo de mobilizar recursos humanos dos diversos grupos religiosos para dar uma resposta eficaz de combate à pandemia.

veja também