Igrejas Renascer em Cristo iniciam o jejum das filhas de Zelofeade

Igrejas Renascer em Cristo iniciam o jejum das filhas de Zelofeade

Atualizado: Segunda-feira, 25 Abril de 2011 as 1:25

A herança na terra é o tema do “Jejum das filhas de Zelofeade” que teve sua abertura neste sábado, dia 23 de abril, em todas as Igrejas Renascer em Cristo. Este será um jejum mais curto, explicou o apóstolo Estevam Hernandes, de sete dias, onde o povo deve buscar uma consagração total. “Neste jejum vamos buscar nossa herança”, disse ele.

No Renascer Hall, o apóstolo ministrou o povo com base no texto que está em Números 27.1-11. “Temos que buscar nosso direito diante do Senhor. Essa palavra das filhas de Zelofeade é tremenda. Elas eram descendentes de Manassés, filho de José. Zelofeade era um homem que tinhas muitas filhas e não tinha filhos. Pela lei de Moisés, se um homem não tivesse filhos, suas filhas não teriam herança na terra... Elas então estariam desamparadas após sua morte. Nós, muitas vezes, nos acomodamos com aquilo que está definido. Os demônios nos impedem assim de exercer nosso direito espiritual, mas o apóstolo Paulo nos fala, em Romanos 12, que temos que renovar nossa mente segundo a vontade de Deus”, afirmou o apóstolo.

Deus coloca o homem dentro de uma perspectiva de desejar, de ter necessidade de conquistar, afirmou. “Temos que quebrar toda a acomodação em nossas vidas. O roubo espiritual vem de uma passividade imposta por atitudes religiosas que nós nos entregamos a elas. Mas o Espírito Santo trabalha nossos corações para que nossos desejos se transformem em atitudes de fé e nos façam encontrar a vontade de Deus. Tem muita gente que é hipócrita, fala o que não sente e são roubadas por sua mente religiosa. Há muita gente que acha que Deus é um ser mal e cruel e que só quer o pior. Só que não é nada disso... Deus te deu um direito espiritual e você tem que lutar por este direito.”

O Senhor tem uma revolução para fazer dentro de você, mas você tem que se mobilizar para isso, disse o apóstolo Estevam. Em primeiro lugar, disse ele,  não podemos nos entregar a uma situação. “Em um primeiro momento, a situação daquelas filhas de Zelofeade era terrível. Mas não podemos nos conformar com este mundo e sim nos transformarmos pela renovação do nosso entendimento... Nossa bênção já está determinada, nosso direito foi estabelecido por Jesus na cruz do calvário. Aquelas mulheres foram até Moisés e pediram para que ele fizesse justiça, alegando que o seu pai tinha sido um homem fiel e elas receberam herança. Deus é um Deus de justiça.”

As filhas de Zelofeade clamaram e Deus falou a Moisés que a causa delas era justa, disse ele. “Coloque sua causa diante do Senhor, aquilo que você tem de memorial e tem sido injustiçado e sei que Deus vai te falar o que disse a Moisés! É tempo de Deus fazer justiça, em nome de Jesus!”.

Por causa do seu direito, Deus vai mudar a sua sorte, acrescentou. “Deus vai mudar a sua sorte diante dos seus olhos. Até o próximo sábado vão acontecer milagres na sua vida. Seu direito vai mudar a sua sorte diante dos seus olhos!”, disse ele.

"Como aconteceu com aquelas mulheres, a sua resposta não virá de homens e sim de Deus!", completou.  

veja também