Igrejas são conclamadas a aderirem ao Plano Estratégico da Onusida

Igrejas são conclamadas a aderirem ao Plano Estratégico da Onusida

Atualizado: Segunda-feira, 5 Dezembro de 2011 as 1:03

O plano da Onusida tem por meta atingir o acesso universal na prevenção do HIV, deter e reverter a difusão do vírus. Líderes religiosos estão sendo convidados a assumir aqueles objetivos, tempos e prazos.

Depois de três décadas de presença da epidemia do HIV/Aids, comunidades de fé no mundo inteiro, e de modo especial na América Latina, tiveram que aceitar, humildemente, que essa doença está presente também nas igrejas.

Há o reconhecimento de que muitas das pessoas atingidas pela doença são do círculo das instituições e famílias cristãs. Igrejas tiveram que viver esse processo em solidão e silêncio. Daí a importância de, no Dia Mundial de Combate à Aids – 2011, romper o silêncio e dar visibilidade ao problema.

Os novos paradigmas de aproximação pastoral às pessoas usuárias de drogas têm o propósito de abandonar o modelo policial e considerá-las cidadãs de uma república que garanta todos os direitos, diz documento assinado por líderes do continente.

"É por isso que nossas comunidades têm que entrar em diálogo sustentável com as organizações governamentais e da sociedade civil que vêm propondo novos caminhos e respostas. Nossas comunidades podem contribuir para essa aproximação desde a equidade, a justiça, a perspectiva evangélica de nossas identidades, sempre preocupadas com toda pessoa em situação de vulnerabilidade ao estigma e à discriminação", assinala o texto.    

veja também