Incêndio destrói emissor de rádio e televisão da IURD em Maputo

Incêndio destrói emissor de rádio e televisão da IURD

Atualizado: Quarta-feira, 27 Julho de 2011 as 6:42

O emissor da rádio e televisão Miramar, da Igreja Universal do Reino de Deus, foi destruído por um incêndio no terraço da sede da FRELIMO, que alberga a estrutura, disse à Lusa o presidente do grupo em Moçambique. Segundo José Guerra, a rádio e a televisão Miramar, um dos canais de televisão mais vistos em Moçambique, não estão a emitir em sinal aberto na capital e no distrito industrial da Matola, desde que o incêndio destruiu o emissor na segunda-feira. O edifício onde se deu o acidente, com 11 andares, é a sede do Comité Central da FRELIMO, partido no poder.

“Estamos a trabalhar para retomarmos as emissões nas próximas 48 horas. É ainda prematuro avançar as razões do incêndio, antes dos relatórios dos bombeiros e da Polícia de Investigação Criminal”, disse à Lusa José Guerra. O presidente do grupo de media da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em Moçambique acrescentou que “será necessário um considerável esforço financeiro para repor o equipamento, que ficou totalmente destruído”. Com a paralisação das emissões em sinal aberto em Maputo e Matola, apenas os telespectadores que têm acesso ao circuito por cabo podem ver a programação da televisão Miramar nas duas zonas.

Os outros pontos do país estão a receber as emissões do grupo em sinal aberto e fechado. Alguns programas do grupo de media da IURD são líderes de audiências em estudos do sector em Moçambique.

veja também