Inglaterra perdeu a confiança no Evangelho, diz teólogo

Inglaterra perdeu a confiança no Evangelho, diz teólogo

Atualizado: Sexta-feira, 13 Agosto de 2010 as 9:30

Durante a  Convenção Keswick, o teólogo Derek Tidball argumentou  que a Igreja sempre quis "manter as costas do Evangelho" e "pessoas de ganchopor outras mensagens," em primeiro lugar."A julgar pela forma como a Igreja da Inglaterra se comporta, não temos confiança no Evangelho", disse ele.

Tidball, o ex-diretor da London School of Theology, argumentou que o simples ensino do Evangelho e "a descompactação das insondáveis riquezas de Cristo" foramainda as maneiras mais convincentes para levar as pessoasa um verdadeiro ponto de conversão e discipulado. " Nós não estamos vendendo carros ou sabão em pó. Estamosengajados em uma batalha espiritual ". Ele convidou oscristãos a repensar suas prioridades e viver uma vida de serviço e de misericórdia com os outros.

"Às vezes penso que a igreja não é particularmente conhecido pela sua misericórdia. É conhecido pela sua natureza sentenciosa, a Tut tutting, a sua objecção a este, aquele ou o outro. Mas o Deus em quem acreditamos é aquele que é misericordioso ", disse ele.

A Convenção de Keswick é uma conferência evangélica que ocorre anualmente durante várias semanas do verão para ajudar a aprofundar a vida espiritual dos indivíduos e comunidades da igreja através da exposição cuidadosa das Escrituras. Cerca de 12.000 cristãos participaram este ano.

No início da conferência, o diretor internacional de Langham Pregação Dr. Jonathan Cordeiro alertou que a Europa Ocidental tornou-se uma região de "nominalismo vazio" e "espiritualidade confuso", no qual até mesmo milhões de pessoas que se autodenominam cristãoseram apenas cristãos pela cultura ou tradição. Ele tambémexortou os cristãos a estar em guarda contra todos os modelos de vida cristã que tentou evitar fraqueza e promoveua idéia de que aqueles que enfrentam dificuldades ou ensaios estão fora das bênçãos de Deus.

Postado por: Pollyanna Mattos

veja também