Intolerância religiosa pode ter motivo da morte de evangélico

Intolerância religiosa pode ter motivo da morte de evangélico

Atualizado: Terça-feira, 23 Novembro de 2010 as 10:16

Intolerância religiosa pode ter causado a morte de um fiel ligado à Igreja Deus é Amor, é esta a linha de investigação da Polícia Civil baseada em relatos de testemunhas do caso registrado no início do mês, em um morro em Sapucaia do Sul.

Segundo o delegado Eduardo Moraes, amigos do evangélico Nilton Rodrigues, de 34 anos, contaram que as agressões generalizadas e a morte dele foram antecedidas por ofensas contra a religião da vítima. O policial contou que os indícios apurados até o momento reforçam que pessoas ligadas ao umbandismo podem estar envolvidas no conflito. Moraes lembrou que a linha que a investigação está seguindo é baseada apenas no relato de um dos lados envolvidos na briga, já que os acusados ainda não foram identificados.

A polícia já havia divulgado que uma troca de ofensas entre a vítima, amigos dela e outras três pessoas, de outra religião, antecederam o homicídio. Além disso, descartou uma execução pré-planejada e consumada no alto do morro. O local em que ocorreu o crime é frequentado por fiéis de diferentes religiões.  

veja também