Invasão ao site da Parada Gay foi para 'desgastar gays e evangélicos'

Invasão ao site da Parada Gay foi para 'desgastar gays e evangélicos'

Atualizado: Quarta-feira, 8 Junho de 2011 as 9:22

A Polícia Civil do Paraná vai investigar as invasões ao site da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT), ocorridas em 2 de abril e 31 de maio deste ano. A restauração foi possível no último dia 1º.

O secretário da ABGLT para a Região Sul, Marcio Marins, disse, em entrevista ao G1, que uma fonte ligada aos crackers fez contato para ajudar na investigação. A intenção do ataque, segundo essa fonte, era "desgastar gays e evangélicos", com a publicação de mensagens falsas sobre o apoio da Associação a eventos contrários à religião (como uma queima de Bíblias).

Reuniões virtuais teriam sido feitas em um blog para articular o ataque.

veja também