Iraquiana cristã é morta a tiros na porta de casa

Iraquiana cristã é morta a tiros na porta de casa

Atualizado: Sexta-feira, 11 Junho de 2010 as 8:54

Cristãos no Iraque expressam o medo da violência depois que Hani Salim Wadi, de 34 anos, foi morta na noite de ontem em Kirkuk. O incidente provocou um clima de insegurança, informou hoje a AsiaNews.

Wadi, um empresária cristã, era casada e tinha uma filha. Eles eram donos de uma loja de telefonia móvel. Testemunhas disseram que ela foi baleada em frente a sua casa em um assassinato "alvo".

Nos últimos meses, uma série de ataques teve como alvo os cristãos em Kirkuk e Mosul. "Nós, cristãos, fomos alvos de ataques mais uma vez," lamenta uma fonte anônima.

No início de maio, um comboio de ônibus de estudantes cristãos foi atacado com explosivos, deixando quase 200 feridos e quatro mortos.

Autoridades cristãs lamentaram que ninguém no governo está se pronunciando para expressar solidariedade com a comunidade cristã. "Na verdade, não sabemos o que fazer com essa violência".

veja também