Irmãos tentam matar pastor a pauladas

Irmãos tentam matar pastor a pauladas

Atualizado: Terça-feira, 9 Março de 2010 as 12

Os irmãos Samoel Pereira Veras, de 26 anos e Edcláudio Sousa Veras (foto), de 22 anos, moradores no Beco da Amizade, no bairro da Matinha, município de Santarém (PA), no último final de semana voltaram sua ira para cima do pastor evangélico Areulino Figueira de Siqueira. Sem razão aparente, eles agrediram o pastor e ainda por cima foram falar para o delegado de plantão Domingos Djalma, que estavam se defendendo, pois o pastor é que estava os agredindo. Ninguém acreditou nessa estória, e os dois irmãos vão passar um bom tempo na Central de Presos Provisórios de Santarém.

''Parecia que os dois irmãos estavam completamente tomados pela alma de belzebu'', segundo testemunhas, pois agrediam ao homem de Deus sem dó nem piedade, enquanto esse sangrava muito, e gritava de dor, ao ser espancado, chutado e jogado ao chão.

Fatos

No último final de semana, moradores do bairro da Matinha acionaram uma viatura policial, falando que uma pessoa estava sendo espancada covardemente por dois homens. Os policiais militares chegaram ao local e ainda flagraram o pastor evangélico sendo espancado pelos dois irmãos.

Ao perceber a chegada dos policiais, um dos acusados conseguiu fugir, sendo capturado depois, em nova denúncia de moradores quanto ao local onde estava escondido. Agora, os dois estão presos, na mesma cela.

A vítima, o pastor evangélico que não sabe nem porque estava sendo espancado foi socorrido e levado para o hospital municipal em e encontra-se em estado grave. Os dois agressores que negam a agressão ao ministro vão responder ao delegado Djalma Pereira, o motivo que os levaram a querer matar o pastor.

veja também