Isso e aquilo - por Alexandre Robles

Isso e aquilo - por Alexandre Robles

Atualizado: Segunda-feira, 25 Novembro de 2013 as 2:57

opsotosUm os grandes problemas para o pensamento ocidental é o paradoxo. A lógica não convive com ele. Tem de ser “isso” ou “aquilo”. Daí os debates teológicos desnecessários, os dilemas filosóficos que se esquivam do exercício da ética e a construção de Dogmas religiosos que pretendem ser cada um a Verdade, rejeitando o outro de modo absoluto. Quando a verdade é uma Ideia, então “isso” não convive com “aquilo”.
 
Mas quando a Verdade é uma Pessoa, o paradoxo é aceitável, porque uma pessoa se manifesta em sua relação com as realidades que a cercam e tais realidades em nossa existência são paradoxais.
 
Jesus assumiu ser a Verdade. Ele é. O que Ele diz e a maneira como se relaciona com a realidade são nosso norte. Ora a verdade tem a ver com a absoluta liberdade humana de decisão e execução, ora parece que ao homem não há escolhas, é destino. Este é um exemplo.
 
Às vezes Ele cura a todos, às vezes um, às vezes nenhum. Ele atende o pedido de um religioso para uma conversa franca e a outros chama de raça de víboras. Ele trata cada um de acordo com a Verdade de e para cada um e de cada momento.
 
Como pais que tratam seus filhos amando-os igualmente, mas cada um de acordo com a verdade da necessidade que carrega, que distingue a todos nós neste emaranhado de paradoxos que é a existência humana.
 
A verdade é que pode ser isso e pode ser aquilo, aliás, às vezes, ao mesmo tempo.
 
 
- Alexandre Robles
 

veja também