IURD do Recreio,no Rio de Janeiro, aprende a importância do sacrifício

IURD do Recreio,no Rio de Janeiro, aprende a importância do sacrifício

Atualizado: Sexta-feira, 8 Julho de 2011 as 10:58

No último domingo (3), toda a nação do Cenáculo do Espírito Santo do Recreio, no Rio Janeiro, amanheceu vestida de vermelho. Até quem não conhecia o verdadeiro sentido da revolta já começou a experimentar o gostinho de uma boa batalha.

A reunião, ministrada pelo pastor Luciano Santos, às 9h30, teve início com uma forte oração para libertação, cura e resolução de todos os problemas. Vestidos de vermelho e com espadas nas mãos, todos os guerreiros revoltados travaram uma batalha contra os problemas e declararam a vitória sobre eles.

Na ocasião, o pastor Luciano promoveu uma reflexão do estudo “Como saber se você é um dos 300” e fez o seguinte alerta: “A Fogueira Santa de Israel é para provar se você é um dos 300 ou faz parte do montante de 9.700 que estão relaxados na fé, acomodados e numa situação de conforto.”

Tornando a palavra “relaxar” a chave da reunião, ele lembrou os  significados dela: “dispersar de uma obrigação”, “diminuir a tensão”, “afrouxar”, “tornar-se menos severo”, “relaxar os costumes” ou “enfraquecer”.

Em seguida, o pastor apresentou o testemunho de Edvaldo Oliveira, que, na miséria e desenganado pela medicina, chegou à IURD com epilepsia.

Ele conta que passou cinco anos na igreja, porém com os mesmos problemas. Foi então que, ao ouvir uma pregação, refletiu sobre a situação vivida e, numa Fogueira Santa, passou a compreender o verdadeiro sentido da expressão “sangue no altar”.

“Hoje eu tenho uma vida totalmente transformada e, mesmo tendo apenas a quinta série do ensino fundamental, lidero uma empresa com cinquenta profissionais odontológicos.”

O pastor concluiu a reunião com a palavra dita por Deus: “Maldito aquele que fizer a obra do Senhor relaxadamente!” (Jeremias 48:10). Então, todos buscaram o Espírito Santo e, já fortalecidos, abraçaram essa fé rumo ao grande dia 17.

veja também