IURD e Governo angolano juntos na erradicação do analfabetismo

IURD e Governo angolano juntos na erradicação do analfabetismo

Atualizado: Sexta-feira, 17 Setembro de 2010 as 3:40

No último dia 10, durante a cerimônia de encerramento da Semana Internacional de Alfabetização e Aprendizagem do Adulto, realizada em Luanda, capital de Angola, o ministro da Educação, Pinda Simão, informou que aproximadamente 1 milhão de angolanos foram alfabetizados no período 2008 a 2009.

O anúncio foi feito dentro da sede do Órgão Social da Igreja Universal do reino de Deus (IURD), que tem se empenhado na erradicação do analfabetismo no território nacional . Para o ministro, os dados apurados refletem o sucesso da política educacional do país com o apoio dos voluntários. “Estes dados refletem a vontade política do governo e engajamento de todos os envolvidos no processo de alfabetização, uma vez que foram ultrapassadas as metas previstas”, diz.

Durante o ano letivo, o projeto de apoio da IURD, que tem o nome de “Ler e Escrever”, conta com mais de 30 salas de aula, oferecendo cursos  gratuitos que acontecem de segunda a  sexta-feira. Há três anos, os alunos e professores são submetidos a metodologia de um aprendizado rápido, denominado PAAE (Programa de Alfabetização e Aceleração Escolar), desenvolvido em parceria com o Ministério da Educação. O projeto já está em curso nas províncias de Malanje, Lunda Sul, Benguela, Moxico, Cabinda e Luanda – nesta última, lecionam 30 professores.

Além da alfabetização, o Órgão Social da IURD ministra cursos profissionalizantes de  informática, cabeleireiro, artes e ofícios de decoração, corte e costura,  panificação  e culinária. Desta forma, mais de 2 mil pessoas já foram capacitadas.    

veja também