IURD na Angola dá um grande exemplo no ato de doar sangue

IURD na Angola dá um grande exemplo no ato de doar sangue

Atualizado: Sexta-feira, 6 Maio de 2011 as 10:40

Um dos lemas promovidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para o ano de 2011 é “Sangue Novo Para o Mundo”, feito com o objetivo de sensibilizar e despertar o interesse da sociedade a fim de doá-lo de forma voluntária e sem remuneração.

Independentemente de religião, classe social ou raça, mais uma vez, a IURD dá um grande exemplo no ato de doar. O gesto de amor tem percorrido os quase 200 países onde atua, e não poderia ser diferente em Angola, onde mais de 80 pessoas, algumas delas pela primeira vez, doaram sangue, recentemente, no município do Cacuaco, Luanda.

O recolhe desse bem vital foi feito num dos Cenáculos da instituição e, de acordo com a presidente do grupo, Raquel Reis, a Associação, outros parceiros sociais e grupos de ativistas desenvolvem em todo país ações do gênero, com o objetivo de minimizar a escassez de sangue nos hospitais. “O alcance desse número de voluntários deu-se por causa das constantes campanhas de sensibilização promovidas pelo Órgão Social da Igreja Universal do Reino de Deus no país, Associação Beneficente Cristã”, comenta a presidente.

Para António José, que doou pela sexta vez um pouco do próprio sangue, a solidariedade deve abranger as escolas, estádios de futebol e igrejas, pois são os locais mais frequentados por jovens.  

veja também