IURD realiza campanha contra a Aids em Angola

IURD realiza campanha contra a Aids em Angola

Atualizado: Sexta-feira, 26 Fevereiro de 2010 as 12

Mais de 2 mil pessoas foram sensibilizadas do perigo do vírus HIV (Aids) e sua prevenção, no município de Cacuaco, Angola, por um órgão social da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), por intermédio dos seus ativistas.

A campanha sob o lema ''Tenda da Saúde'' foi realizada recentemente a beira-mar, numa das frequentadas praias da região. É comum os jovens aderirem à prática de tatuagem, uso de brincos, assim como a comunidade praticar a circuncisão de crianças e adolescentes com objetos cortantes não esterilizados; daí o alerta.

Na ocasião, a ativista Margarida Sousa disse: ''Estamos a informar acerca desta doença que assola o mundo, o SIDA, e dar a conhecer às pessoas que existem outras doenças sexualmente transmissíveis, tais como: o sífilis, a gonorreia entre outras''.

Ela adiantou que a SIDA não é transmitida por: suor, beijo no rosto, aperto de mão, uso de sabonetes, toalhas, talheres, copos picadas de insetos, piscinas e ar. Transmite-se pela prática de sexo, heterossexual com parceiros portadores da doença assim como através de uso de seringas, agulhas, objetos cortantes ou perfurantes, utilizados por mais de uma pessoa, sem serem esterilizados.

''Devemos usar o preservativo nas relações sexuais ocasionais, ter a cultura de fazer o teste do HIV/SIDA, de forma a controlar a nossa saúde nos centros hospitalares que é de forma gratuita'', disse a jovem Manuela Antônio.

A ''Tenda da Saúde'' enquadra-se no trabalho social, idealizado pelo referido órgão social com apoio da IURD, em parceria com o Instituto Nacional da Luta Contra o Sida e a Rede Angolana das Organizações de Serviços de Sida (ANASO). (JO)

Imagem: Arca Universal

veja também