Jesus não é megalomaníaco

Jesus não é megalomaníaco

Atualizado: Segunda-feira, 26 Agosto de 2013 as 2:05

JesusO Diabo colocou-o na parte mais alta do templo e lhe disse: “Se és o Filho de Deus, joga-te daqui para baixo”. [Lucas 4.9, NVI]
 
Embora mais jovens — alguns ainda não tinham chegado aos trinta anos —, os irmãos de Jesus entendiam de publicidade. As pessoas que querem se autoprojetar precisam se expor, se locomover, viajar para onde estão os aglomerados humanos e participar de festas religiosas, celebrações de cultos e eventos especiais. Precisam chamar atenção por meio de milagres espalhafatosos e discursos inflamados. Eles estão certos. Esse de fato é o caminho para quem quer ser conhecido, atrair multidões e fascinar todo mundo.
 
O erro grosseiro que cometeram foi achar que o irmão mais velho buscava essas coisas. Eles disseram a Jesus: “Quem quer ter fama não faz nada às escondidas” (Jo 7.4, EP). E o aconselharam: “Vá aonde mais gente possa ver os seus milagres” (Jo 7.3, BV). A essa altura, Jesus já havia transformado 480 litros de água em vinho, colocado em pé o paralítico de Betesda, multiplicado pães e peixes e andado sobre as águas. Porque ainda não criam na divindade de Jesus, seus irmãos entendiam que o primogênito de Maria “queria aparecer”.
 
— Meu Deus, como é possível interpretar tão mal a vocação de Jesus?
 
 
- Elben César
 Retirado de Refeições Diárias com Jesus / Ultimato
 

veja também