Jesus nunca nos disse para orar pelos enfermos, diz revivalista

De acordo com Bert Farias, a cura não vem pela oração, mas pela autoridade que há no nome de Cristo.

Fonte: Guiame, com informações de Charisma NewsAtualizado: terça-feira, 6 de janeiro de 2015 18:29
Bert Farias, fundador do Ministério Fogo Santo, nos Estados Unidos.
Bert Farias, fundador do Ministério Fogo Santo, nos Estados Unidos.

 

A igreja e os cristãos tem o costume de orar pelos enfermos, a fim de clamar a Deus pela cura. Para o revivalista Bert Farias, não foi isso que Jesus nos disse para fazer. A cura não vem pela oração, mas pela autoridade que há no nome de Cristo, segundo Farias. 

Farias explica que em Lucas 9:1-2, a Palavra diz: Reunindo os Doze, Jesus deu-lhes poder e autoridade para expulsar todos os demônios e curar doenças, e os enviou a pregar o Reino de Deus e a curar os enfermos. “Jesus nos disse para curar os doentes, Ele não nos disse para orar pelos enfermos”, afirma.

Farias, que é fundador do Ministério Fogo Santo, nos EUA, explica que a cura não deve ser um acontecimento isolado, mas deve estar em toda parte. “A cura é o que abre portas para o evangelho. É sino que toca no jantar de Deus, para que os pecadores venham e sejam salvos.”

O revivalista não diz orar por enfermos seja antibíblico, porque em Tiago 5: 14-15 é indicado que isso seja feito, especialmente na igreja. No entanto, Farias questiona porque nos Evangelhos e no livro de Atos ninguém faz. “O que isso nos diz? Isso revela que a igreja tem uma autoridade que ainda não sabe que possui.”

“Por que não os crentes não andam nesse poder? Deve ser porque nós não acreditamos. A única condição que Jesus colocou para curar um enfermo é crer”, conta Farias.

Segundo ele, a cura vem pela proclamação. “Não ore por eles. Os cure! O poder está no nome de Jesus.”

Farias conta que muitas vezes, a incredulidade pode ser uma barreira. “Jesus nos disse para curar os doentes. Não há como tentar ver se ele vai trabalhar.”

“Você foi autorizado pelo céu. Tudo o que falta é coragem para agir. Faça isso a partir de agora, e depois me envie um bom relatório”, encoraja Farias.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições