Jogador do Grêmio diz que levou ensinamentos de livro evangélico para dentro de campo

Jogador do Grêmio diz que levou ensinamentos de livro evangélico para dentro de campo

Atualizado: Quinta-feira, 16 Abril de 2009 as 12

Léo não desgrudou de "Aliviando a bagagem", livro de Max Lucado, nos três dias que passou em Santiago (Chile) para o jogo do Grêmio contra o Universidad de Chile. O zagueiro comentou que a obra fala sobre a necessidade de as pessoas deixarem de lado alguns problemas para que possam seguir adiante em seus objetivos. E foi justamente o que ele fez no gramado do Estádio Nacional. Em um primeiro tempo de dificuldades, o gremista encontrou a redenção ao fazer o primeiro gol da vitória de 2 a 0 sobre La U.

- Foi como diz o livro. Tive que superar um momento de pressão, de problemas, para poder colaborar. As coisas não estavam fáceis, mas felizmente consegui fazer o gol - disse o zagueiro.

O defensor cometeu falhas no primeiro tempo (em uma delas, a bola parou na trave de Victor) e correu o risco de ser expulso ao fazer repetidas faltas. Ele levou o primeiro cartão amarelo com um minuto de jogo. Na etapa final, Léo teve desempenho mais estável até ser substituído por William Thiego. Na bagagem, junto com o livro, o jogador carrega a classificação garantida às oitavas-de-final da Libertadores.

- Sabíamos que teríamos dificuldades, mas conseguimos a vitória com muito esforço. Estamos classificados, que é o que mais interessa - resumiu Léo.

O Grêmio chega à noite a Porto Alegre e começa, já nesta sexta-feira, a preparação para o jogo contra o Boyacá Chicó, dentro de duas semanas, no Olímpico, na última rodada da fase de grupos da Libertadores.

veja também