John Piper abre o jogo e revela tudo sobre a licença que tirou por oito meses

John Piper abre o jogo e revela tudo sobre a licença que tirou por oito meses

Atualizado: Quinta-feira, 16 Junho de 2011 as 10:04

John Piper abriu o jogo sobre a sua licença de oito meses do ministério no ano passado, enquanto ele falava para centenas de pastores na segunda-feira, em Phoenix.

John Piper fala para centenas de pastores em na Conferência de Pastores da Convenção Batista do Sul da de 2011, em Phoenix, Arizona, 13 de junho de 2011.

Ele revelou sobre o período em que estava examinando sua alma e os esforços de seu ministério e focando novamente em seu casamento. E o propósito final de todas as coisas é, santificar o nome Deus.

“Qual deve ser o desejo todo definido, todo formador, todo controlador de nossos corações?” colocou o pastor na Conferência da Convenção Batista do Sul.

“Viver para santificar o nome de Deus”.

No ano passado, Piper tinha dado o seu primeiro ‘break’ do ministério. A parada foi necessária, descobrindo suas “falhas de caráter permantes” e “várias espécies de orgulho” dentro de si.

Mas, embora não fosse ao nível de desqualificação dele para o ministério, as falhas foram suficientes para que Piper sofresse com elas e se afastasse durante oito meses.

Na segunda-feira, ele disse aos pastores Batistas do Sul que ele passou muito tempo, durante esse período, meditando na Oração do Senhor.

“Eu vi alguma coisa na Oração do Senhor que eu nunca havia visto antes”, disse o pastor de Minneapolis.

Ele apontou todas as suas falhas –falhas de marido, falhas de pai, falhas de pastor, fahas de amigo, quaisquer outros tipos de falha possíveis – mas disse que “Tenho tentado dedicar a minha vida para a centralidade de Deus”.

“Deus é apaixonado em consagrar o nome de Deus.”

veja também