Jorge Linhares realiza palestra com o tema: "Como transformar seu sermão em um livro?"

Jorge Linhares realiza palestra com o tema: "Como transformar seu sermão em um livro?"

Atualizado: Quarta-feira, 17 Setembro de 2008 as 12

Jorge Linhares realiza palestra com o tema: "Como transformar seu sermão em um livro?"

Por Adriana Amorim

Autor do best seller "Benção e Maldição", que vendeu mais de um milhão de exemplares, Jorge Linhares já escreveu e publicou mais de 100 livros. O escritor trouxe o tema "Como transformar seu sermão em livro" para palestra do "Congresso Voe mais Alto", realizada na Expo Cristã, no dia 12 de setembro, às 10h.

Jorge Linhares fez várias citações bíblicas que justificam a importância de se escrever livros, como em Salmos 139.16 - "Os teus olhos viram a minha substância ainda informe, e no teu livro foram escritos os dias, sim, todos os dias que foram ordenados para mim, quando ainda não havia nem um deles" e em João 21.25 - "Há, porém, ainda muitas outras coisas que Jesus fez; e se cada uma das quais fosse escrita, cuido que nem ainda o mundo todo poderia conter os livros que se escrevessem. Amém".

Formado em Estudos Sociais e Teologia, Jorge Linhares falou a repeito da importância da Bíblia como documento: "O único livro em que seu Senhor tem a genealogia".

O escritor destacou que antes de se redigir um livro é necessário que o autor faça a si mesmo algumas questões: "Por que eu escrevo?"; "Para que eu escrevo?"; "Quem eu quero que leia meu livro?"; "Qual a faixa etária?"; "Quantas gerações eu quero alcançar?"; "É real ou ficção?"; "Quais as minhas expectativas?". Ele destacou que "expectativas erradas matam muitos escritores", quem escreve pela primeira vez deve saber que seu primeiro livro dificilmente terá grande sucesso. É necessário investimento do escritor, que deve entrar em contato com uma editora. A tiragem inicial deve ser distribuída para amigos e pessoas interessadas no tema abordado.

Para transformar o sermão em livro, depois de responder essas questões e considerar o investimento, é preciso montar a estrutura da obra. De acordo com Jorge Linhares, um livro devocional não deve ultrapassar dez tópicos e, no Brasil, deve ter no máximo 75 páginas. É fundamental também que as pregações que serão transformadas em livro sejam gravadas.

Pastor e presidente do CPEMG (Conselho de Pastores do Estado de Minas Gerais), Jorge Linhares afirmou que a motivação também é um grande diferencial para saber se um livro vai "ultrapassar fronteiras". Para ele, alguns escritores começam a escrever "para ganhar dinheiro, se auto-promover ou não cair no ostracismo". Jorge Linhares brincou: "O cara só pode colocar a foto no livro quando é boa pinta. Aqui nessa sala nenhum homem pode fazer isso".

veja também