José Bruno não poupa críticas a Renascer em Cristo

José Bruno não poupa críticas a Renascer em Cristo

Atualizado: Terça-feira, 19 Julho de 2011 as 12:53

O ex-bispo da Igreja Renascer, José Bruno usou seu Twitter para fazer um desabafo sobre as pregações das igrejas ditas apostólicas que usam os ritos do Velho Testamento  como objetos proféticos, símbolos proféticos e outros, questionado se Cristo não rompeu com esses rituais judaicos.

“Tem uma coisa que me intriga? São as tais Igrejas Apostólicas que só pregam Antigo Testamento, Lei, e Judaísmo. Ritos banidos por Cristo”, escreveu o pastor.

As palavras do vocalista da banda Resgate soaram como um ataque à Igreja Renascer da qual fez parte por quase 20 anos. Principalmente quando ele escreveu: “Da Igreja dos Apóstolos não tem nada. Deus me livre… Já livrou.”

As postagens foram publicadas no dia 15 de julho (semana que aconteceu a Conferência Apostólica) e ele não criticou somente esses rituais, mas também falou sobre a Igreja não ser somente o prédio feito de pedras. “A Igreja é o corpo, as vidas, não o local. O local é importante pra nossa comunhão, pra nossa edificação. Não podemos esquecer que Cristo não está nas paredes, ele habita, ou deveria habitar, em nós…”

José Bruno e outros bispos da Igreja Renascer deixaram a denominação fundada por Estevam Hernandes no começo de 2010 e fundaram A Casa da Rocha Igreja Cristã, denominação que cresceu rapidamente. Em suas pregações o pastor Zé Bruno, como é chamado, já chegou a pedir perdão aos membros por pregar coisas que não tinham contexto bíblico.

Anti-teologia da prosperidade Ele também tem feito o discurso anti-teologia da prosperidade, tentando desmentir a ideia das igrejas neopentecostais que pregam que o dízimo e a oferta é uma troca com Deus, você dá a oferta e Ele te abençoa.

Outra coisa que o pastor fez questão de fazer diferente da denominação a qual pertenceu, foi não omitir os gastos e ganhos da igreja, fazendo prestação de conta aos membros e mostrando os relatórios.

veja também