Jovem se rende a Jesus no hospital, após sobreviver a nove tiros: “Deus perdoa”

Michel Bruno entrou para o crime aos 12 anos e foi preso várias vezes, mas encontrou uma nova vida em Jesus.

fonte: Guiame, com informações da Rede Super

Atualizado: Quarta-feira, 21 Março de 2018 as 12:27

Aos 12 anos, Michel Bruno Veloso deixou sua casa para adentrar no mundo do crime. Com essa idade, ele já praticava assaltos usando armas de fogo. Foi preso várias vezes. Hoje, um homem regenerado, ele conta seu testemunho. “Foi uma ilusão que eu achei que podia ter, mas não tinha”, disse ele sobre a vida criminosa.

Ele ainda diz o motivo de ter deixado sua casa: “A vaidade de querer um tênis bom, carro, moto. Coisa que a situação financeira da minha família não poderia me dar. Então não foi por falta de alimentação dentro de casa, foi mais por vaidade”, ressalta.

“Eu achei que o crime poderia me dar tudo o que eu queria ter, mas foi um engano. Comecei a praticar assalto a mão armada. Eu comecei desde os 12 anos, cheguei até os 30. Hoje estou com 34. Fui preso várias vezes quando o menor e assim que eu completei a maioridade continue roubando”, colocou.

“E com isso foi preso, sai mas ainda não tomei jeito. Tudo resultou em 21 anos de condenação e fiquei preso durante um terço desse tempo”.

Paraplégico

Na prisão, Michel teve uma briga com um rapaz. Depois de ganhar uma saída temporária, ele foi a uma festa, onde algo trágico aconteceu. Um homem armado chegou por trás e atirou em Michel. “Não cheguei a ver a pessoa, eu tomei os tiros pelas costas”, conta.

“No chão, eu já não sentia mais as minhas pernas. Então percebi que havia ficado paraplégico. Levei ao todo nove tiros, fiquei paraplégico e cego do olho esquerdo. Então, pelo fato de ficar paraplégico eu comecei a usar drogas e com isso tudo, por não ter sensibilidade da barriga para baixo, comecei a criar feridas”, disse.

“Essas feridas infeccionaram, causando infecção urinária e com tudo isso eu parei no hospital muito mal. Foi no hospital que onde eu clamei a Deus e disse: ‘Senhor, sei que meus pecados são muitos. Mas a tua Palavra diz que Tu perdoas. Olha a situação em que eu estou, escreve meu nome no livro da Vida, porque agora só me resta a morte’. Então eu adormeci e tive um encontro com Deus”, lembrou.

veja também