Jovens adventistas intensificam "twitaços" para evangelizar

Jovens adventistas intensificam "twitaços" para evangelizar

Atualizado: Segunda-feira, 6 Setembro de 2010 as 11:45

Jovens adventistas realizaram pela terceira vez, na última sexta e sábado, dias 3 e 4 de setembro, o que no mundo virtual se chama de twitaço. A ação, que foi uma iniciativa dos próprios internautas, teve o objetivo de promover a discussão sobre alguns temas no microblog Twitter (onde as pessoas trocam ideias e conceitos com postagens de apenas 140 caracteres). No caso deste final de semana, a tag utilizada, ou seja, a palavra que todos os twiteiros participantes desta ação deveriam utilizar em suas postagens era criacionismo, antecedido pelo símbolo #. Em outros dois finais de semana anteriores, as tags utilizadas foram #setimodia e #jesusvoltara. Em última instância, esta atividade se transforma em evangelismo, pois proporciona espaço para difusão de mensagens bíblicas e o debate acerca de conceitos cristãos.

Segundo internautas envolvidos na ação, a tag #criacionismo esteve entre as dez mais utilizadas pelos twiteiros no Brasil em apenas uma hora de atividade virtual. Só para se ter uma ideia da abrangência deste tipo de iniciativa, uma pesquisa recente divulgada pela Comscore revelou que o Brasil é o quinto país onde mais se acessa as redes sociais. O país cresceu  47% em comparação com julho de 2009, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, China, Alemanha e Rússia. A  pesquisa estima que 35 milhões de brasileiros frequentaram as redes sociais em julho de 2010 (apenas acesso domiciliar).

Carlos Magalhães, coordenador de web da Novo Tempo e um dos entusiastas dos twitaços, diz que “apesar de não termos pesquisas, podemos induzir que, pelo fato da igreja  ser grande parte dos membros abaixo dos 40 anos , um número  significativo de jovens adventistas  tem usado as redes sociais para se relacionar com amigos. As estatísticas mostram que, na América do Sul, os membros na faixa etária até os 25 anos representam quase 40% do total.

Por Felipe Lemos

veja também