Jovens cristãos lavam carros e arrecadam 7 mil dólares para vítimas da explosão em Beirute

Além da boa arrecadação com o lava-rápido dos jovens, a igreja também está recebendo doações online para enviar às vítimas em Beirute.

fonte: Guiame, com informações do Christian Post

Atualizado: Terça-feira, 25 Agosto de 2020 as 9:54

Os jovens lavaram carros e acabaram arrecadando mais de 7 mil dólares com a ação. (Foto: Fr. Timothy Ferguson)
Os jovens lavaram carros e acabaram arrecadando mais de 7 mil dólares com a ação. (Foto: Fr. Timothy Ferguson)

Uma congregação em Massachusetts levantou dinheiro por meio de um lava-rápido e por meio de seu site para ajudar as vítimas da recente explosão em Beirute.

A Igreja Ortodoxa de St. George, de Boston, contou com a ajuda de seus jovens para realizar a lavagem de carros no sábado (22) e arrecadando milhares de dólares, enquanto limpavam algumas centenas de veículos.

O Rev. Timothy J. Ferguson, pastor chefe da igreja, disse ao ‘Christian Post’ que a congregação se sentiu inspirada a realizar o evento de caridade devido aos muitos laços pessoais com o Líbano.

“Nossa comunidade, ou seja, minha congregação, é formada em cerca de 60% por imigrantes do Líbano. E então muitas pessoas sentiram-se diretamente afetadas pela explosão que ocorreu ali”, explicou Ferguson. “Então, eles queriam entrar em contato e responder. Foi uma iniciativa dos adolescentes, dos jovens da congregação”.

Enquanto a lavagem de carros cobrava 10 dólares por veículo, observou Ferguson, muitos motoristas deram "muito mais do que foi pedido", com as doações ultrapassando a marca de 7.000 dólares e ainda sendo adicionadas por meio da página de doações online da igreja.

“Eles não podem se levantar fisicamente e ir para lá, então eles sabem que esses fundos estão sendo usados ​​para o que fariam se tivessem a chance de ir lá”, disse o pastor.

As doações irão para ajudar a “reconstruir casas, cuidar de pessoas que precisam de alimentos, roupas e assim por diante”, com isso sendo “administrado por organizações locais em Beirute”, explicou ele.

Tragédia em Beirute

No início deste mês, uma grande explosão ocorreu em um porto na grande cidade de Beirute, no Líbano (Oriente Médio), resultando em aproximadamente 200 mortos e cerca de 5.000 feridos.

A grande explosão ocorreu quando centenas de toneladas de nitrato de amônio foram incendiadas. Uma investigação sobre a causa exata da explosão está em andamento.

Após a tragédia, o primeiro-ministro libanês, Hassan Diab, anunciou sua renúncia, que veio não só em resposta à explosão, mas também em grandes protestos antigovernamentais anteriores à tragédia.

“Declaro hoje a renúncia deste governo”, disse Diab, citando “grande corrupção” como um problema em uma entrevista coletiva, informou a ABC News. “Que Deus proteja o Líbano.”

Muitas igrejas e organizações cristãs de ajuda humanitária enviaram recursos para a cidade, como a Visão Mundial e a Bolsa do Samaritano (ligada à Associação Evangelística Billy Graham).

Pastores e voluntários cristãos locais também têm se mobilizado para atender às vítimas da explosão, como é o caso do brasileiro André Argente, que mora há 3 anos com sua família no Líbano.

Pastor e músico, André tem atuado junto a ONG’s locais e servido igrejas na região. Recentemente, ele liderou um grupo de cristãos para distribuir refeições nas ruas e também para limpar casas e hospitais atingidos pela explosão.

“Esta é uma parte hostil do planeta, mas temos visto o grande agir de Deus em muitas coisas, principalmente neste momento”, afirmou.

“Pode parecer que não tem mais esperança, que não tem mais solução, mas Jesus sempre vai se mostrar como a esperança, a única esperança”, acrescentou.

veja também