Jovens cristãos pedalam pela vida em Belém

Jovens cristãos pedalam pela vida em Belém

Atualizado: Quinta-feira, 14 Abril de 2011 as 10:24

No último domingo, na região metropolitana de Belém-PA, pedalar se tornou mais do que um esporte, transformou-se na promoção de um ato de amor. Em um passeio ciclístico o projeto Vida por Vidas, que incentiva a doação de sangue, plaquetas e medula óssea, foi lançado para toda região Baixo Amazonas. Cerca de 400 jovens adventistas saíram às ruas para “Pedalar pela Vida”. Segundo o pastor Renato Seixas, “o passeio foi apenas o início desse projeto. Esse ano queremos alcançar o alvo de três mil bolsas de sangue”, revelou.  

Desde 2006 o projeto Vida por Vidas acontece na região. Este ano, o passeio ciclístico chamou a atenção da sociedade para a importância desse ato de amor com o objetivo de despertar nas pessoas o hábito de doar. Foi por isso que alguns jovens decoraram as suas bicicletas, para aumentar a curiosidade das pessoas. Cida Salgado, assistente social do Hemocentro do Pará, ficou impressionada com a mobilização. “Em nome do Hemopa e da saúde das pessoas que precisam do sangue estamos aqui para agradecer a atitude dos jovens adventistas. Que esse projeto seja um exemplo para outras instituições e para a sociedade de uma forma geral”, agradeceu.

Os ciclistas partiram de três pontos da região metropolitana de Belém, acompanhados do carro de som. Depois de pedalarem cerca de 10 km, os jovens se concentraram em frente ao Ginásio Almir Gabriel, em Ananindeua, onde as bicicletas com decorações mais criativas foram premiadas. Após uma oração, os ciclistas soltaram balões cheios de gás hélio, representando as gotas de sangue dos doadores.

Carlos Pantoja que é doador e ciclista participou do evento. “Nós gostamos de ressaltar o amor de Jesus por nós. Eu estou aqui para ajudar as pessoas a perceberem que doar sangue é doar vida. Somos doadores de vida e de esperança”, disse.

O Vida por Vidas na região continua no dia 17 de abril, em uma mobilização na Praça da República com a presença de uma unidade móvel do Hemocentro do Pará (Hemopa). As doações continuam até o dia sete de maio em parceria com as instituições adventistas: escolas, igrejas, hospital e sedes administrativas.

veja também