Jovens cristãos promovem vigília em Botsuana

Jovens cristãos promovem vigília em Botsuana

Atualizado: Quinta-feira, 21 Outubro de 2010 as 8:48

Botsuana é um país do continente africano que faz fronteira com a África do Sul, Zimbábue, Namíbia, Angola e Zâmbia. Com uma população de aproximadamente 2 milhões de habitantes, a ex-colônia britânica é considerada um dos países mais estáveis economicamente do continente, porém afetado negativamente no campo da saúde. De acordo com dados das Nações Unidas, são aproximadamente 300 mil infectados pelo vírus do HIV, que corresponde a 15% da população. Entre os adultos, a taxa sobe para 24%, a segunda maior em todo o mundo, ficando atrás apenas da Suazilândia.

Diante dessa realidade, a Igreja Universal do Reino de Deus cresce de uma forma grandiosa no país, exercendo um papel de conscientização aos jovens com o objetivo de aumentar a expectativa de vida da população e diminuir o número de infectados pela Aids. Atualmente, ela conta com cerca de 500 membros no seu YPG - Youth Power Group (Grupo Jovem da Botsuana) exercendo trabalhos voluntários e sociais aos necessitados.

No mês de outubro, o grupo realizou uma vigília dedicada aos jovens de todas as cidades chamada "Noite dos Escolhidos". Durante o encontro grupos de música e de teatro se apresentaram com temas bíblicos e com mensagens de fé. O responsável pelo trabalho da Igreja Universal no país, bispo Jean Paulo, aproveitou a concentração de jovens para  explicor a necessidade de se ter uma aliança com Deus. "Muitos são os que se perdem ainda jovens por causa das drogas, alcoolismo, prostituição e violência", ensinou.

Após a mensagem, o bispo convidou todos os presentes a se entregarem ao Senhor Jesus de corpo, alma e espírito, assumindo com Deus um pacto de servi-lo e obedecê-lo. "Desta forma, você viverá uma vida verdadeiramente abençoada em todos os sentidos", declarou o bispo, para muitos jovens que foram até a frente do altar participar da oração.

O editor, Tshepo Basimanebotlhe (foto ao lado), de 21 anos, é frequentador da Catedral da Fé, em Gaborone, capital de Botsuana e participante do Grupo Jovem. Hoje, ele é um voluntário ativo no grupo e procura levar a Palavra de Deus para muitos jovens que se encontram vivendo momentos de aflição. Mas ele conta que nem sempre foi assim. "Eu era viciado em bebida e drogas. Por conta dos vícios, brigava muito com meus familiares e acabei criando um ódio muito forte contra os que se opunham ao meu estilo de vida. Eu me sentia isolado, parecia que não pertencia àquele lar", lembra.

Um dia, após passar 4 dias bebendo e se drogando, Tshepo foi convidado para participar de uma reunião na Igreja Universal e aceitou. Ao ouvir as mensagens e orações do pastor, decidiu deixar a vida conturbada e de aflição e se entregar no altar de Deus. "Assim comecei a largar as amizades erradas e a influência negativa cessou; me senti em paz comigo mesmo e encontrei a salvação da minha alma. Hoje sou um evangelista e procuro ajudar outros jovens a encontrar vida no Senhor Jesus. Desejo que outros tenham essa mesma oportunidade que recebi, para que também eles possam experimentar o poder transformador do nosso Deus", finaliza.

veja também