"Jubileu Calvino revitaliza fé reformada", aponta pastor

"Jubileu Calvino revitaliza fé reformada", aponta pastor

Atualizado: Segunda-feira, 28 Dezembro de 2009 as 12

O balanço final das celebrações dos 500 anos de nascimento do reformador João Calvino ''ultrapassou nossas expectativas'', avaliou o presidente do Comitê Patrocinador do Jubileu Calvino 2009 e presidente da Aliança Reformada Mundial, pastor Clifton Kirkpatrick.

''A crise econômica e financeira que a humanidade atravessa trouxe novamente à memória a atualidade da ética social de Calvino'', destacou o vice-presidente do Comitê e presidente da Federação das Igrejas Protestantes da Suíça, Thomas Wipf.

Calvino, lembrou Wipf, advogou com ''um compromisso político-social incansável'' pela regulação do incipiente capitalismo voltado ao bem-estar de todos. Muitos membros da igreja reformada dos Estados Unidos certamente constatariam uma ''clara analogia'' entre as atuais prioridades políticas do país e a agenda social de Calvino: imigração, previsão médica e justiça econômica.

Responsável pelas celebrações do Jubileu Calvino na Igreja Protestante de Genebra, Roland Benz, reconheceu mudança de abordagem a respeito do reformador, ''pois tanto nos meios de comunicação como também no público fora do âmbito eclesiástico a imagem caricatural de Calvino se transformou''.

Para o responsável pelas festividades na Alemanha, Achim Detmers, o Jubileu aproximou as congregações reformadas a seu reformador.

''Nossa grande esperança é que o Jubileu Calvino 2009 seja o início da redescoberta da herança do reformador, que pode mudar nossas igrejas e nosso mundo em seu caminho ao futuro'', declarou Kirkpatrick. ''Podemos realizar novos aportes à discussão ecumênica'', agregou.

veja também