Julgue a si mesmo!

Julgue a si mesmo!

Atualizado: Quinta-feira, 29 Agosto de 2013 as 7:54

“Porque eu recebi do Senhor o que também vos entreguei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão; e, tendo dado graças, o partiu e disse: Isto é o meu corpo, que é dado por vós; fazei isto em memória de mim. Por semelhante modo, depois de haver ceado, tomou também o cálice, dizendo: Este cálice é a nova aliança no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que o beberdes, em memória de mim. Porque, todas as vezes que comerdes este pão e beberdes o cálice, anunciais a morte do Senhor, até que ele venha. Por isso, aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor, indignamente, será réu do corpo e do sangue do Senhor. Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e, assim, coma do pão, e beba do cálice; pois quem come e bebe sem discernir o corpo, come e bebe juízo para si. Eis a razão por que há entre vós muitos fracos e doentes e não poucos que dormem”. (I Coríntios 11.23-30)
 
julgamentoÉ sempre uma honra pregar a Palavra onde pessoas respeitam a unção. Recebi uma palavra de Deus quando estava cursando o Rhema em Tulsa – Oklahoma: “Quando você terminar o curso vá para o Brasil e ensine a Palavra”. Quando chegamos ao Brasil as pessoas que Deus colocou nas nossas vidas serviram para nos conduzir a estar onde Deus queria que nós estivéssemos.
 
Não deve existir discordância de visão, nem brigas ou discussões por causa de doutrinas: A Bíblia fala exatamente o que Deus quer falar. Não temos que discutir o que a Bíblia fala. Devemos simplesmente ler e crer da forma que você leu.
 
Por exemplo: em Mateus 7.1 fala sobre julgamento, é tão claro que está escrito que não tem o que discutir. Não julgueis, para que não sejais julgados.
 
A Bíblia é Deus falando conosco, se tentar mudar o que a Palavra fala você estará dando lugar para demônios entrar na sua vida e trazendo prejuízo para você mesmo.
 
A Ceia do Senhor é algo santo e não deve ser tratado de qualquer forma, ou como algo comum. Você pode até morrer se fizer assim.
 
Dia de Santa Ceia é sempre dia de Igreja lotada. A maioria das pessoas trata este culto de forma religiosa e acabam tendo muitos problemas. Muitos já morreram por causa da irreverência durante a ceia. Tratar a Ceia como algo comum abre brecha para colocar a sua vida em prejuízo. Arrependa-se antes de tomar a ceia para que não esteja em problemas depois.
 
Paulo recebeu a revelação da Ceia e a descreveu em I Coríntios 11. Ele foi bem claro a respeito do abuso ou do tratamento comum. As pessoas traziam comida e vinho para comerem juntos, se fartavam de comida e bebida esquecendo-se de repartir com os pobres. Só os ricos participavam da mesa.
 
A única forma verdadeira de tomar a ceia é fazer isto em memória de Jesus Cristo e de tudo o que Ele fez na Cruz do Calvário. Motivação errada tem trazido muitos para tomar a Santa Ceia. É perigoso tomar a Ceia do Senhor indignamente. Se você tiver com a motivação errada é melhor nem tomar a Santa Ceia. A Ceia é algo muito sério.
 
Pecado é a causa de muitos morrerem cedo. Se você é ministro é bom ficar atento e diligente ao seu ministério, pois se você for para outras áreas que Deus não lhe ungiu para ser, ir pode prejudicar a sua própria vida. Brincar com a unção que você não tem pode te levar a morrer cedo. Tem muitos ministros que nem sabe qual é o seu ministério.
 
É melhor ficar calado e não falar de ministério até ter a certeza para o que você foi chamado. Você vai saber qual é o seu chamado pelas coisas que você está fazendo e os sinais que vão te acompanhar. Se você não gosta do que está fazendo, você está no negócio errado. Deus quer te satisfazer em tudo. Passei seis anos pastoreando uma igreja e não gostei nem um dia do que estava fazendo.
 
As crianças também têm que ser ensinadas sobre a Santa Ceia para que elas possam entender o que está acontecendo quando estiver tomando a Ceia do Senhor.
 
Fazer coisas que não estão em linha com a Palavra de Deus te traz prejuízo e te coloca na posição de indigno para tomar a ceia.
 
INDIGNO – com a motivação errada, com tratamento comum, sem reverência ou por tradicionalismo familiar. Sem discernir o Corpo de Cristo, quer dizer sem discernir quem é o seu irmão em Cristo. Existem igrejas que em dia de comunhão fecham as portas para visitantes e não aceitam pessoas de fora em dia de Santa Ceia.
 
RÉU – culpado do Corpo e do Sangue, é algo muito sério. Não é brincadeira.
 
EXAMINAR – é a você mesmo, pessoal, não é examinar o seu irmão ou o seu próximo.
 
Quais as conseqüências disso tudo? Morrer cedo! Morrer com 40 ou 50 anos não é correto. Julgar os irmãos é errado. Somos o Corpo de Cristo, por isso, você não pode tratar o seu irmão de qualquer jeito e depois participar da ceia. É trazer juízo para si mesmo. Se quiser faça a coisa errada e você vai poder experimentar do que Paulo está falando. Devemos tomar com seriedade as coisas que Paulo está falando, ele é um homem sério com as coisas de Deus.
 
O versículo que fala: “há entre vós muitos fracos e doentes e não poucos que dormem”, tem ligação com I João 5.13-19:
 
“Estas coisas vos escrevi, a fim de saberdes que tendes a vida eterna, a vós outros que credes em o nome do Filho de Deus. E esta é a confiança que temos para com ele: que, se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que ele nos ouve quanto ao que lhe pedimos, estamos certos de que obtemos os pedidos que lhe temos feito. Se alguém vir a seu irmão cometer pecado não para morte, pedirá, e Deus lhe dará vida, aos que não pecam para morte. Há pecado para morte, e por esse não digo que rogue. Toda injustiça é pecado, e há pecado não para morte. Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não vive em pecado; antes, Aquele que nasceu de Deus o guarda, e o Maligno não lhe toca. Sabemos que somos de Deus e que o mundo inteiro jaz no Maligno”. 
 
PECADO PARA A MORTE – negar o Espírito Santo.
 
Você pode pedir a Deus para dar vida ao irmão que está em pecado que não seja pecado para a morte. Veja o livro do Irmão Hagin  “Curso de Estudo da Oração Bíblica”, no capítulo 22 que fala sobre o tempo em que a avó de Kenneth Hagin estava em coma e que o Senhor o instruiu a orar pedindo PERDÃO pelos pecados dela.
 
A Ceia do Senhor deve ser tomada como algo pessoal. Quando Deus instituiu a autoridade na Sua Igreja é porque Ele queria que você entrasse em obediência.
 
Não é porque você ensina muito bem a Palavra que você pode fazer o que quiser. Existem pessoas morrendo por causa de pecados cometidos: mentir para o Espírito Santo, semear discórdia na Igreja, brigar com o pastor ou com a liderança. É morte certa! Não queremos pessoas morrendo cedo. Orgulho causa morte, glutonaria – ou seja, comer errado feito um porco – traz conseqüências e causam a morte.
 
FRACOS – são aquelas pessoas que sempre pedem oração, nunca vence na vida.
 
DOENTES – são aquelas que sempre estão pedindo oração para a cura, só vivem doentes.
 
OS QUE DORMEM – são aqueles que morrem cedo.
 
Não é pecado comer, comer errado é que causa o problema. É abuso do templo do Espírito Santo, traz prejuízo e sofrimento. Deus não criou porco para ser crente; Ele te chamou para andar no Espírito, ter domínio próprio, equilíbrio e moderação.
 
A vida do crente deve estar sempre em ordem. Pessoas com pressão alta, devem tomar cuidado, pois muitas delas estão comendo errado. É melhor se controlar agora para viver mais tempo. Você não poder deixar a carne te dominar. Tem que ter equilíbrio.
 
 
 
- Bud Wright
 

veja também