Justiça do Peru mantém crucifixo e Bíblia nas repartições públicas

Justiça do Peru mantém crucifixo e Bíblia nas repartições públicas

Atualizado: Sexta-feira, 25 Março de 2011 as 9:05

O Tribunal Constitucional do Peru decidiu na terça-feira (22) que a exposição de símbolos católicos em repartições públicas não fere a laicidade do país.

A decisão da Justiça foi a propósito de ação movida pelo advogado Manuel Linares Bustamante para que os crucifixos e Bíblias fossem retirados dos tribunais.

O juiz Eto Gerardo Cruz (foto) sentenciou que “ninguém no seu perfeito juízo pode negar que a presença da Espanha na América Latina chegou através da sua língua e do patrimônio religioso, e isso parte de nossa formação cultural ".

No entendimento do Cruz, a tradição cultural, nesse caso, não afeta a liberdade religiosa nem “o princípio da natureza secular do Estado”.

Cruz argumentou que “a Igreja Católica é verdadeiramente uma parte do patrimônio histórico, cultural e moral do Peru”.

Com informação da Catholic News Agency Via Paulopes Weblog   

veja também